Pylons project

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pyramid (framework web))
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pylons Project
Pylons Logo.svg
Requer pagamento? Não
Gênero Desenvolvimento com framework em Python
Idioma(s) Inglês
Lançamento 27 de dezembro de 2010
Proprietário Código aberto
Página oficial www.pylonsproject.org

Pylons project é um projeto de código aberto que desenvolve um conjunto de frameworks de aplicações web escritas em Python. Inicialmente, o projeto era pouco mais que um simples framework web, mas com a fusão do framework repoze.bfg sob o novo nome de Pyramid (pirâmide), o projeto Pylons (pilares) hoje consiste de vários frameworks de aplicação web.

Framework Pylons[editar | editar código-fonte]

O Pylons é um framework para desenvolvimento de aplicações web de código aberto, escrito em Python. Faz uso extensivo do padrão WSGI para promover reuso e separação de funcionalidades em módulos distintos.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Framework Pylons
Ficheiro:Pylonsfw.png
Desenvolvedor Ben Bangert, James Gardner
Plataforma Multiplataforma
Lançamento setembro de 2005 (11 anos)[1]
Versão estável 1.0.1[2] (13 de agosto de 2012; há 4 anos)
Linguagem Python
Gênero(s) Framework para aplicações Web
Licença Licença BSD
Página oficial www.pylonsproject.org/projects/pylons-framework/about

Pylons é conhecido por ter uma pilha quase completa de ferramentas de terceiros, evitando definitivamente o fenômeno "não inventado aqui".

Pyramid[editar | editar código-fonte]

Pyramid é um framework de aplicações web de código aberto escrito em Python e é baseado no WSGI. É um framework web minimalista inspirado no Zope, Pylons e Django.[3]

Originalmente chamado de "repoze.bfg", o Pyramid chamou a atenção principalmente no Zope e da comunidade Plone como o projeto KARL do Open Society Institute, migrado do Plone para BFG. Em 2010, foi anunciado que o framework Pylons iria passar usando BFG como base a versão 1.5. Como um resultado da inclusão de BFG no projeto Pylons, BFG foi renomeado para Pyramid.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre software web é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.