Rádio RC7

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
RC7 FM
JPB Empresa Jornalística Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 89.9 MHz
Antigas frequências:
AM 1180 kHz
Canais 210
Sede Lages, Santa Catarina
Fundação 15 de abril de 2017 (5 anos)
Pertence a Sistema Menina de Comunicação
Proprietário(s) Narbal Souza
Formato comercial
Afiliações anteriores Mix FM (2019–2021)
Idioma Português
Prefixo ZYV 295
Prefixo(s) anterior(es) ZYJ 770
Nome(s) anterior(es) Rádio Difusora (????-2003)
Rádio Guri (2003-2017)
Menina FM (2017-2019)
Mix FM Lages (2019-2021)
Coord. do transmissor 27° 48' 54" S 50° 19' 33" O
Dados técnicos Potência: 0.3 kW
Classe: C
RDS: Sim
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial rc7.com.br

RC7 FM é uma emissora de rádio brasileira sediada em Lages, cidade do estado de Santa Catarina. Opera na frequência FM 89.9 MHz. Pertencente ao Sistema Menina de Comunicação, a emissora passou a existir a partir extinção da Menina FM Lages, que por sua vez, havia se originado da migração para FM da frequência AM 1180 AM, onde operava a Rádio Guri.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi lançada em janeiro de 2017 em caráter experimental na cidade de Lages, originada do processo de migração para o FM da Rádio Guri (pertencente ao empresário Narbal Souza desde 2003[1]), que operava na frequência AM 1180 kHz. Com uma nova programação, a Menina FM Lages, foi lançada em sintonia com as emissoras do mesmo grupo instaladas em Balneário Camboriú e Blumenau, adotando uma segmentação popular/eclética.[2] A inauguração oficial ocorreu no dia 15 de abril de 2017.[3]

Em 2018, a Menina FM passou pela primeira reformulação. A emissora contratou o radialista Ricardo Córdova (da Band FM Lages) para a direção geral e lançou no dia 1.º de novembro uma nova programação com foco nas classes A, B e C e "faixa etária mais comercial". Para a nova grade, Córdova levou da Band FM os programas Papo de Copa e Copa e Cozinha.[4]

Logotipo da emissora quando era afiliada à Mix FM, entre 2019 a 2021.

Em novembro de 2019, foi confirmada a afiliação da emissora com a Mix FM. Um evento de apresentação da futura Mix FM Lages foi realizado no dia 30 de novembro e as chamadas de expectativa começaram a ser executadas na programação da Menina FM no dia seguinte. A estreia aconteceu em 23 de dezembro de 2019 às 19 horas. Com a afiliação, a emissora passou a ter 7 horas de programação local diárias, a partir de 13 de janeiro de 2020, com a manutenção de alguns formatos da antiga Menina FM Lages.[5][6][7]

Em 7 de abril de 2021, foi anunciado que a emissora deixaria a Mix FM após cerca de 1 ano de afiliação, sendo substituída por um novo projeto também de formato jovem/pop chamado RC7 FM.[8][9] Em 1° de maio, a emissora deixou de transmitir a rede, e dia 3 estreou oficialmente como RC7 FM.

Referências

  1. «História». Portal Menina. 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2012 
  2. «Menina FM em fase de testes apresenta sua nova programação». Lages Diário. 3 de fevereiro de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  3. «Band FM contrata Biguá, ex-Massa FM». Lages Diário. 4 de abril de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  4. «Novos desafios: Ricardo Córdova deixa Band e assume coordenação da Menina FM Lages». Lages Diário. 26 de outubro de 2018. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  5. «Mix FM chega a Lages, no lugar da Menina». Milton Barão. 22 de novembro de 2019. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  6. «Em dezembro, Menina FM irá virar Mix FM Lages». Lages Diário. 22 de novembro de 2019. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  7. Daniel Starck (22 de novembro de 2019). «Exclusivo: Rádio Mix FM reformula portal, aplicativo, lança novos podcasts e confirma afiliada em Lages (SC)». Tudo Rádio. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  8. Massaro, Carlos (7 de abril de 2021). «Rádio Mix FM programa saída e RC7 FM deve ser o novo projeto jovem na Serra Catarinense». Tudo Rádio. Consultado em 15 de abril de 2021 
  9. «Rádio Mix FM programa saída e RC7 FM deve ser o novo projeto jovem na Serra Catarinense». Biquad Broadcast. 9 de abril de 2021. Consultado em 15 de abril de 2021