Rafelcofer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Espanha Rafelcofer 
  Município  
Rafelcofer 01.jpg
Brasão de armas de Rafelcofer
Brasão de armas
Localização do município de Rafelcofer na Comunidade Valenciana
Localização do município de Rafelcofer na Comunidade Valenciana
Rafelcofer está localizado em: Espanha
Rafelcofer
Localização de Rafelcofer na Espanha
Coordenadas 38° 56' N 0° 09' 58" O
Comunidade autónoma Comunidade Valenciana
Província Valência
Comarca Safor
- Alcaide Mari Carme Pérez (2015, PSPV-PSOE)
Área
- Total 2 km²
Altitude 20 m
População (2016) [1]
 - Total 1 374
    • Densidade 687 hab./km²
Gentílico coferer, -ra
Código postal 46716
Website www.rafelcofer.es

Rafelcofer é um município da Espanha na província de Valência, Comunidade Valenciana. Tem 2 km² de área e em 2016 tinha 1 374 habitantes (densidade: 687 hab./km²).[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizado no centro da planície do vale do rio Serpis e à direita do curso do mesmo. O relevo é em nível e determinada elevação do sul começa somente a observar na outra mão, como nós aproximamos as saias de Gallinera, de que se fecha a horta de Gandia pelo sul. O término municipal de Rafelcofer é principalmente plano, exceto a parcela da montagem do Rabat (167m) até o trifinio com L'Alqueria de la Comtessa e La Font d'en Carròs ao sudoeste. O outro acidente físico proeminente é o barragem de Palmera,que limita o núcleo urbano pelo norte, contínuo para L'Alqueria de la Comtessa e au município que o dá ao nome. A água para a irrigação vem do rio Serpis e é distribuída por meio dos regos.

Municípios limítrofes[editar | editar código-fonte]

O termo municipal de Rafelcofer limita com os seguintes municípios: Almoines, L'Alqueria de la Comtessa, Bellreguard, Beniarjó, Beniflà e La Font d'en Carròs, todos elos na província de Valencia.

História[editar | editar código-fonte]

Existem vestigíos do povoamento no termo municipal de muito velho, entre os quais destaca o povoado ibérico do Rabat. Nos tempos da romanização foram as pedras com inscripção latina e os fragmentos de cerámica recolhidos esporadicamente nos arredores da montanha do Rabat e dao hermida de São Miguel. Rafelcofer pertenheceu à jurisdição do castelo de Rebollet, mais tarde ao condado de Oliva e ao ducado de Gandia. Já no século XIX e na primeira divisão provincial, foi atribuído à proví¬ncia de Alicante e ao partido judicial de Pego, até a sua incluição definitiva na província de Valência em 1847.

Política[editar | editar código-fonte]

Lista de presidentes/as e corporações municipais:
Legislatura Nome do presidente/a da câmara Corporação municipal
1979-1983 Joan Gregori PSPV PSPV 5 UCD 4
1983-1987 Joan Gregori PSPV PSPV 6 AP 3
1987-1991 Salvador Castillo (CDS) + AP PSPV 4 CDS 3 AP 2
1991-1995 Joan Gregori PSPV PSPV 5 CDS 3 PP 1
1995-1999 Joan Gregori PSPV PSPV 4 PP 4 UPV 1
1999-2003 Pepa Izquierdo (BNV) + PP PSPV 4 PP 4 BNV 1
2003-2007 José Peiró / Pepa Izquierdo (PP + BNV) PSPV 4 PP 3 BNV 2
2007-2011 Mari Carme Pérez PSPV PSPV 6 PP 2 BNV 1

Demografia[editar | editar código-fonte]

População de Rafelcofer (1990 – 2016)
1990 19921994199619982000
1 434 1 4681 4371 3901 4031 406
  Aumento 2,4% Baixa 2,1% Baixa 3,3% Aumento 0,9% Aumento 0,2%
2002 2004 2005 2007 2016
1 3891 3951 4051 5051 374
Baixa 1,2% Aumento 0,4% Aumento 0,7% Aumento 7,1% Baixa 8,7%


Economia[editar | editar código-fonte]

Até o final do século XIX foi a crescente importância relativa da uva moscatel para fazer passas, mas depois da filoxera e com a introdução intensiva de laranja, esta árvore passou a dominar a paisagem agrícola. Outras hortaliças, as batatas, feijão, milho e alfafa. A agricultura de sequeiro se refugia no sul e o percentual é de valor insignificante e econômico. A terra cultivada representa um percentual elevado. A estrutura tem uma elevada taxa de chácaras.

A ausência de indústrias têm sido animadores nos últimos anos, uma saída de determinadas camadas da população em idade activa, que migra para as áreas de produção e comercial de Oliva e Gandia.

Monumentos[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Paroquial. Dedicada a Santo António (Sant Antoni) e São Diogo de Alcalá (Sant Diego d'Alcalà).a
  • Sítio arqueológico ibérico da montanha do Rabat.
  • Trinquet de Rafelcofer.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.