Raung

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raung
Gunung Raung • Raoeng • Rawon • Ringgit • Roung
Vista aérea da caldeira do Raung
Raung está localizado em: Java
Raung
Localização do monte Raung em Java
Coordenadas 8° 7' 32" S 114° 2' 45" E
Altitude 3 332 m
Proeminência 3 069 m
Isolamento 124 km
Listas Ultra
Tipo estratovulcão
Ilha Java
País Indonésia
Província Java Oriental
Regências BondowosoBanyuwangiJember
Última erupção abril-agosto de 2015

O Raung (em indonésio: Gunung Raung), também chamado ou grafado Raoeng, Rawon, Ringgit ou Roung é um estratovulcão ativo situado na parte oriental da ilha indonésia de Java, com 3 332 metros de altitude[1] e 3 069 m de proeminência topográfica. Pertence às regências de Bondowoso, Banyuwangi e Jember da província indonésia de Java Oriental.

É um dos vulcões mais ativos de Java. Encontra-se a pouco mais de 20 km a sudoeste do maciço de Ijen, 40 km a oeste da costa oriental de Java (estreito de Bali), 36 km a noroeste-oeste de Banyuwangi, 37 km a leste de Jember e 34 km a sudeste de Bondowoso (distâncias em linha reta). A sua caldeira tem cerca de dois quilómetros de diâmetro, 500 metros de profundidade e está rodeada por um bordo acinzentado, que contrasta com as encostas verdejantes devido à vegetação.[1] É o vulcão mais alto do grupo de vulcões que integra, onde também se destacam o Suket (2 950 m) e o Gadung, situados junto às suas encostas nordeste e oeste, respetivamente. Apesar dos vales entre estes vulcões serem muito férteis devido ao solo enriquecido pelas cinzas vulcânicas, a quantidade de solo arável é muito limitada.[2]

A erupção mais antiga de que há registo ocorreu em 1586. Entre esse ano e 1817, ocorreram mais cinco erupções que causaram vítimas mortais.[3] Em junho de 2015, a sua última grande erupção tinha ocorrrido entre abril e agosto de 2015, tendo provocado o encerramento de vários aeroportos de Java e de Bali devido às emissões de cinza.[4] As erupções são sempre de caráter explosivo, geralmente com índices de explosividade (IEV) 1 ou 2, mas que podem atingir 5, que ocorrem na caldeira, no cume do vulcão. Essas erupções traduzem-se geralmente pelo aparecimento de uma ou várias plumas vulcânicas que emitem cinzas, mas várias erupções mais potentes, ocorridas entre 1586 e 1838 foram do tipo tipo freatomagmática e provocaram a formação de lahars. A erupção de 1953, com IEV 3, também provocou lahars que causaram danos materiais.[1]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Raung». Programa Global de Vulcanismo. Smithsonian Institution. Consultado em 10 de junho de 2017 
  2. «Gunung Raung». radarbanyuwangi.co.id [ligação inativa] 
  3. McClelland, Lindsay (1989), Global Volcanism, 1975-1985, ISBN 0-13-357203-X, Prentice Hall 
  4. «CNN: Airports Close Due to Raung Ash Cloud». 10 de julho de 2015 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Raung
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Indonésia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre vulcões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.