Renato Salvatori

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Renato Salvatori
Salvatori em L'Harem (1967).
Nascimento 20 de março de 1933
Seravezza,  Itália
Morte 27 de março de 1988 (55 anos)
Roma, Itália
Ocupação ator
IMDb: (inglês)

Renato Salvatori (Lucca, 20 de março de 1933 - Roma, 27 de março de 1988) foi um ator italiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Salvatori foi descoberto em uma praia onde trabalhava como salva-vidas, pelo diretor Luciano Emmer, em 1951 que o dirigiu no filme "Garotas da Praça de Espanha".

Formado na escola dramática do diretor Luchino Visconti, ele era um galã típico da periferia romana, com um físico robusto e muito mulherengo. Trabalhou com os mais importantes diretores italianos e seus filmes mais importantes foram "I soliti ignoti" em 1958, "Duas Mulheres" em 1960 ao lado de Sophia Loren, "Queimada!" em 1969, "Z" de Costa-Gavras em 1970, com quem fez também "Estado de Sítio" em 1972. Também participou de "Cadáveres Ilustres", de Francesco Rosi, em 1975.

Em 1960, ao lado de Alain Delon e de Annie Girardot, que viria a se tornar sua esposa, ele estrelou "Rocco e Seus Irmãos", de Luchino Visconti.

Ele morreu de cirrose hepática em sua casa, em Roma e estava afastado do cinema havia mais de sete anos. Foi sepultado no Cemitério Protestante em Roma.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Renato Salvatori (em inglês) no Internet Movie Database

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.