Richard Barthelmess

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Richard Semler Barthelmess (9 de maio de 1895 - 17 de agosto de 1963) foi um ator de cinema americano, principalmente da era do cinema mudo de Hollywood. Estrelou ao lado de Lillian Gish em "Broken Blossoms" (1919) e "Way Down East" (1920), de DW Griffith, e foi um dos fundadores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em 1927. No ano seguinte foi indicado ao Oscar de Melhor Ator por dois filmes: "The Patent Leather Kid" e "The Noose" . [1]

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Barthelmess nasceu em Nova York, filho de Caroline W. Harris, atriz de teatro, [2] [3] e Alfred W. Barthelmess. [4] Seu pai morreu quando ele tinha um ano de idade. [5] Através de sua mãe, ele cresceu no teatro, fazendo sua estréia em tenra idade. Em contraste, foi educado na Academia Militar do Rio Hudson em Nyack e Trinity College em Hartford, Connecticut . [6] Atuou na faculdade e outras produções amadoras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

A atriz russa Alla Nazimova, amiga da família, aprendeu inglês com Caroline Barthelmess. [7] Nazimova convenceu Richard Barthelmess a tentar atuar profissionalmente e estreou em 1916 na série "Gloria´s Romance" como um extra não creditado. Também atuou como ator coadjuvante em vários filmes estrelados por Marguerite Clark .

Ficheiro:Barth07.jpg
Com Lillian Gish no lançamento de 1920, Way Down East

Seu próximo papel, em "War Brides", ao lado de Nazimova, atraiu a atenção do diretor DW Griffith, que lhe ofereceu vários papéis importantes, finalmente escalando-o com Lillian Gish em "Broken Blossoms" (1919) e "Way Down East" (1920). Ele fundou sua própria produtora, a Inspiration Film Company, juntamente com Charles Duell e Henry King . Um de seus filmes, "Tol'able David" (1921), no qual Barthelmess estrelou como um carteiro adolescente, foi um grande sucesso. Em 1922 a Photoplay o descreveu como o "ídolo de todas as garotas da América". [8]

Revista Silverscreen, 1922

Barthelmess logo se tornou um dos artistas mais bem pagos de Hollywood, estrelando clássicos como "The Patent Leather Kid", em 1927 e "The Noose" em 1928. Foi indicado para Melhor Ator no primeiro Oscar por sua atuação nos dois filmes. Além disso, ganhou uma citação especial por produzir "The Patent Leather Kid".

Com o advento do som, a sorte de Barthelmess mudou. Ele fez vários filmes falados, principalmente "Son of the Gods" (1930), "The Dawn Patrol" (1930), "The Last Flight" (1931), "The Cabin of the Cotton" (1932), "Central Airport" (1933) e um papel de apoio em "Only Angels Have Wings" (1939).

Carreira pós-atuação[editar | editar código-fonte]

Barthelmess não conseguiu manter o estrelato de seus dias de cinema mudo e gradualmente deixou as telas. Alistou-se na Reserva da Marinha dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial e serviu como tenente-comandante. Nunca mais voltou ao cinema, preferindo viver de seus investimentos.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casamentos e família[editar | editar código-fonte]

Em 18 de junho de 1920, Barthelmess se casou com Mary Hay, uma estrela de teatro e cinema, em Nova York. Tiveram uma filha, Mary Barthelmess, antes de se divorciarem. [9]

Em 1928, Barthelmess casou-se com Jessica Stewart Sargent. [2] Mais tarde, adotou o filho de Stewart de um casamento anterior. Permaneceram casados até a morte de Barthelmess em 1963.

Morte[editar | editar código-fonte]

Barthelmess morreu de câncer na garganta em 17 de agosto de 1963, aos 68 anos, em Southampton, Nova York. [2] Ele foi enterrado no cemitério e mausoléu de Ferncliff, em Hartsdale, Nova York .

Legado[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Colagem de vários personagens interpretados por Barthelmess, 1920
Outra colagem de fotos de vários filmes, 1930

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas

30em

  1. «("Barthlemess" search results)» 
  2. a b c Donnelley, Paul (2003). Fade to Black: A Book of Movie Obituaries. [S.l.: s.n.] ISBN 9780711995123 
  3. IBDb profile of Caroline Harris; Deaths Last Night, Ironwood Daily Globe (Ironwood, Michigan) April 24, 1937, p. 11, c. 2.
  4. Census Place: Manhattan, New York, New York; Roll: 1103; Page: 4A; Enumeration District: 0470; FHL microfilm: 1241103
  5. "Tea With Mrs. Barthelmess – An Intimate Chat With the Mother of Dick", The Home Movie Journal, June 1926
  6. Pawlak, Debra Ann (2012). Bringing Up Oscar: The Story of the Men and Women Who Founded the Academy. [S.l.: s.n.] ISBN 9781605982168 
  7. A Pictorial History of the Silent Screen by Daniel Blum, ca. 1953, p. 111.
  8. «The Shadow Stage». Photoplay 
  9. Profile at IBDb
  10. «History of the Academy: Original 36 founders of the Academy Actors» 
  11. Hollywood Walk of Fame. Retrieved January 19, 2017
  12. "George Eastman Award" (archive). eastmanhouse.org. George Eastman House. Retrieved November 14, 2017.
Bibliografia

Links Externos[editar | editar código-fonte]