Only Angels Have Wings

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Only Angels Have Wings
Paraíso Infernal[1] (BR)
Jean Arthur como a personagem Bonnie Lee.
 Estados Unidos
1939 •  p&b •  121 min 
Direção Howard Hawks
Roteiro Howard Hawks História
Jules Furthman Texto
Elenco Cary Grant
Jean Arthur
Rita Hayworth
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Only Angels Have Wings é um filme de 1939 dirigido por Howard Hawks, com Cary Grant e Jean Arthur. É considerado um dos melhores filmes de Howard Hawks, especialmente pelo seu retrato do profissionalismo dos pilotos, a sua atmosfera, e as seqüências de voo.

Este filme inspirou a série televisiva de 1983, Tales of the Gold Monkey.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Geoff Carter (Cary Grant) é um piloto e o gerente de uma pequena e malsolvente companhia aérea que transporta correio de Barrancabermeja, na Colômbia. Bonnie Lee (Jean Arthur) é uma pianista que, passando pela cidade, apaixona-se por Carter e resolve ficar na cidade.

A situação se complica pelo aparecimento de Bat Kilgallen (Richard Barthelmess) e sua esposa Judy (Rita Hayworth). Kilgallen é um piloto rejeitado pelos outros porque ele abandonou uma vez seu avião, deixando o seu mecânico - o irmão de 'Kid' Dabb (Thomas Mitchell), e melhor amigo de Carter - para ser morto num acidente. Carter se recusa a contratar Bat até que Judy, uma antiga amante de Carter, pede uma chance para seu marido.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.