Parione (rione de Roma)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rione VI - Parione)
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do Rione VI - Parione.

Parione é o nome de um dos vinte e dois riones de Roma, oficialmente numerado como Rione VI, localizado no Municipio I. Seu nome é uma referência à existência de uma gigantesca parede antiga no local, provavelmente pertencente ao antigo Estádio de Domiciano, que a população chamava de "parietone" ("paredão" no dialeto romano da época), de onde derivou "Parione".

História[editar | editar código-fonte]

Brasão de Parione: um grifo empinado, uma criatura mitológica com a cabeça de uma água e o corpo de um leão.

Na Roma Antiga, pertencia à Região IX das 14 regiões de Augusto, Circo Flamínio, no vasto Campo de Marte. Nesta região Domiciano construiu seu estádio e um odeão, para audições musicais e poéticas, o Odeão de Domiciano. Foi ali também que Pompeu construiu sua cúria.

Por volta de 1200, a área era chamada de "Parione e S. Lorenzo in Damaso" e a população crescia gradualmente até 1400, quando a área ganhou grande atenção graças à construção do Campo de Fiori, que rapidamente se tornou um importante centro financeiro.

Na época de Sisto IV (r. 1471–1484), o rione perdeu sua aparência caótica, típica da Idade Média, em prol de uma mais limpa e organizada, típica do Renascimento. A reforma de edifícios degradados, o alargamento de ruas, a construção da nova Ponte Sisto, ligando o Trastevere ao rione Pariano, melhoraram a qualidade de vida na região.

Graças à esta renovação, o ritmo da urbanização aumentou entre 1400 e 1500. No mesmo período, era comum que os artistas recebessem encomendas para renovar a fachada de antigos edifícios, um hábito nascido no norte da Itália e que se espalhou neste período. Em 1500, a maior parte da atividade comercial gradualmente foi mudando do Campo de Fiori para a Piazza Navona, o local preferido de todos por ser mais larga. Em 1600, a aparência da praça mudou radicalmente graças as obras de Bernini, Borromini e Bramante.

Daí em diante, Roma tornou-se a capital da Itália unificada a partir de 1870 e, com exceção da abertura do Corso Vittorio Emanuele II, nenhuma nova grande obra foi realizada na região que pudesse impactar os antigos palácios e monumentos.

Vias e monumentos[editar | editar código-fonte]

Rione Parione
Fontana del Nettuno na Piazza Navona

Antigas ruínas romanas[editar | editar código-fonte]

Edifícios[editar | editar código-fonte]

Palácios[editar | editar código-fonte]

Igrejas[editar | editar código-fonte]

Igrejas desconsagradas
Igrejas demolidas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Parione (rione de Roma)