Fontana dei Quattro Fiumi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fontana dei Quattro Fiumi

Fontana dei Quattro Fiumi (Fonte dos Quatro Rios), foi esculpida por Gian Lorenzo Bernini entre 1648 e 1651, artista do barroco italiano, (em frente à Igreja de Santa Inês, obra de Borromini). Foi concebida por uma ordem do Papa Inocêncio X, o papa da família Pamphili, que residia na praça, e era de sua propriedade o Palácio Pamphili propriedade hoje do Governo Brasileiro, comprada por Juscelino Kubstchek em estado de alto degrado, e totalmente restaurado, onde hoje funciona o Consulado e Embaixada Brasileira junto ao governo italiano e a FAO. Acima da fonte está o Obelisco Egípsio Agonalis.

Esta localizada na Praça de Navona, em Roma. Ela representa os quatro principais continentes do mundo cortados por seus principais rios: Rio Nilo, na África; Rio Ganges, na Ásia, Rio da Prata, na América e o Rio Danúbio, na Europa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fontana dei Quattro Fiumi


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.