O Êxtase de Santa Teresa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Êxtase de Santa Teresa, em mármore.

O Êxtase de Santa Teresa ou a Transverberação de Santa Teresa (1647–1652) é uma escultura de Gian Lorenzo Bernini um dos maiores escultores do século XVII, representando a experiência mística de Santa Teresa de Ávila trespassada por uma seta de amor divino por um anjo, realizada para a capela do cardeal Federico Cornaro. A madre Teresa de Jesus, nascida Teresa de Cepeda y Ahumada morreu em Alba de Tormes em 4 de Outubro de 1582.

Esculpida durante o período de 1645-1652, seguindo as tendências do estilo barroco, hoje ela se encontra em um nicho em mármore e bronze dourado na Capela Cornaro, Igreja de Santa Maria della Vittoria, Roma. A beleza da obra se deve ao uso da iluminação e da fidelidade da escultura, que conferem à obra sensibilidade, pois o escultor aplicava em suas esculturas o uso de corpos alongados, gestos expressivos, expressões mais simples mas mais emocionadas.

Bernini seguia as determinações da Igreja Católica Romana, que diziam que a arte religiosa deveria ser inteligível e realista, e servir, acima de tudo, como um estímulo emocional à religiosidade. Bernini serviu a Cidade do Vaticano durante muito tempo, criando esculturas feitas por pedido.

Galeria[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre O Êxtase de Santa Teresa

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hibbard, Howard. Bernini [S.l.: s.n.] 
  • Robert Harbison (2000). "The Case for Disruption". Reflections on Baroque The University of Chicago Press [S.l.] pp. 1–32. 
  • Bruce Boucher (1998). : Thames & Hudson, World of Art. Italian Baroque Sculpture [S.l.: s.n.] pp. 134–143. 
  • Bernini biography (click on "Ecstasy of St Teresa")