Rotatória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Rotunda (desambiguação).
Exemplo de rotatória em uma via do Novo México, Estados Unidos.

Uma rotatória, girador, rótula (português brasileiro) ou rotunda (português europeu), também designada como bolacha[1](português angolano), é uma praça ou largo, de forma circular, onde desembocam várias ruas e o trânsito se processa em sentido giratório. A cidade de Viseu, em Portugal, é conhecida pelo fenómeno da multiplicação das rotundas, assim como Paulínia, no Brasil.[2]

Código de Trânsito Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Rotatória abaixo do Viaduto Gilberto Mestrinho, em Manaus.[3]

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, quando veículos se cruzarem em uma rotatória (desde que não haja sinalização), o veículo que estiver circulando por ela tem a preferência.

No caso de a via que se vai acessar for uma via perpendicular, o regulamento do Código Nacional de Trânsito, não revogado, estabelece que a estrada mais movimentada tem preferência sobre qualquer outra via. No caso de todos os veículos se encontrarem no mesmo ponto de parada, a preferência é do veículo que está à direita.

Expressões regionais[editar | editar código-fonte]

No Brasil, as rotatórias são denominadas de várias formas, dependendo da região. No Distrito Federal, Ceará, Maranhão e Paulínia,[2] é comum utilizar-se a expressão balão. Em alguns estados do Nordeste, usa-se a palavra giradouro. No Rio Grande do Sul, é usado o termo rótula.

Código da Estrada Português[editar | editar código-fonte]

Sinalização rodoviária usado na Europa para indicação de sentido de circulação em rotunda (anti-horário na Europa continental; horário nas ilhas britânicas)

Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária[4], na circulação em rotundas os condutores devem adotar o seguinte comportamento:

  • O condutor que pretende tomar a primeira saída da rotunda deve:
    • Ocupar, dentro da rotunda, a via da direita, sinalizando antecipadamente quando pretender sair.
  • Se pretende tomar qualquer das outras saídas, deve:
    • Ocupar, dentro da rotunda, a via de trânsito mais adequada em função da saída que vai utilizar;
    • Aproximar-se progressivamente da via da direita;
    • Fazer sinal para a direita depois de passar a saída imediatamente anterior à que pretende utilizar;
    • Mudar para a via de trânsito da direita antes da saída, sinalizando antecipadamente quando for sair.

Sinalização de manobras:

  • Todas as manobras que impliquem deslocamento lateral do veículo decorrente da mudança de via de trânsito ou saída da rotunda devem ser previamente sinalizadas.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.infopedia.pt/lingua-portuguesa/bolacha?homografia=0
  2. a b «Todo Dia». www2.uol.com.br. Consultado em 11 de fevereiro de 2016 
  3. «Complexo Viário Gilberto Mestrinho ganhará duas alças de retorno». Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU). 11 de agosto de 2015. Consultado em 1 de janeiro de 2020 
  4. http://www.ansr.pt/Default.aspx?tabid=131 Código da Estrada - Circulação em Rotundas
  5. Jornal Opção - Queremos que Palmas seja uma cidade melhor que Curitiba

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rotatória


Ícone de esboço Este artigo sobre Trânsito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.