Royal Flying Corps

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Royal Flying Corps
Royal Flying Corps cap badge.jpg
País Reino Unido Império Britânico
Corporação Força aérea
Subordinação Exército Britânico
Sigla RFC
Criação 13 de maio de 1912
Extinção 1 de abril de 1918
História
Guerras/batalhas Primeira Guerra Mundial
Logística
Efetivo 4 000 aeronaves
114 000 militares
(1919)
Insígnias
Insígnia 1 RAF roundel.svg
Aviões Blériot XI britânicos.

A Royal Flying Corps (RFC) foi a força aérea britânica durante a maior parte da Primeira Guerra Mundial. Durante a parte inicial da guerra, as responsabilidades da RFC foram centradas no apoio ao exército britânico, através de artilharia e de reconhecimento aéreo. Este trabalho conduziu gradualmente os pilotos britânicos em batalhas aéreas com pilotos alemães, e mais tarde na guerra, incluiu os ataques à infantaria inimiga e às casamatas, o bombardeio de bases aéreas alemãs e mais tarde o bombardeio estratégico de instalações industriais e de transporte.[1]

Referências

  1. Barker, Ralph (2002). The Royal Flying Corps in World War I Robinson [S.l.] ISBN 1-84119-470-0. 
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Royal Flying Corps