Running with Scissors (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a empresa de jogos eletrônicos, veja Running with Scissors, Inc..
Running with Scissors
Recortes de Minha Vida (PT)
Correndo com Tesouras (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2006 •  cor •  116 minutos
122 minutos (lançado em DVD) min
 
Direção Ryan Murphy
Produção Ryan Murphy
Brad Pitt
Brad Grey
Dede Gardner
Augusten Burroughs
Roteiro Ryan Murphy
Baseado em Running with Scissors de Augusten Burroughs
Elenco Annette Bening
Brian Cox
Joseph Fiennes
Evan Rachel Wood
Alec Baldwin
Jill Clayburgh
Joseph Cross
Gwyneth Paltrow
Gênero Comédia dramática
Música James S. Levine
Cinematografia Christopher Baffa
Edição Byron Smith
Companhia(s) produtora(s) Plan B Entertainment
Ryan Murphy Productions
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 27 de outubro de 2006
Idioma Inglês
Receita US$7,460,797[1]
Página no IMDb (em inglês)

Running with Scissors (Correndo com Tesouras (título no Brasil) ou Recortes de Minha Vida (título em Portugal)) é um filme de comédia dramática estadunidense de 2006 com base em livro de memórias de mesmo nome de Augusten Burroughs de 2002, escrito e dirigido por Ryan Murphy, e estrelado por Joseph Cross, Annette Bening, Brian Cox, Joseph Fiennes, Evan Rachel Wood, Alec Baldwin, Jill Clayburgh, e Gwyneth Paltrow.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é um relato semi-autobiográfico da infância de Augusten Burroughs (Joseph Cross). Sua mãe, Deirdre (Annette Bening), tem o desejo de se tornar uma famosa poetiza, sofre mudanças bruscas de humor e comportamento errático. Pai alcoólatra de Augusten, Norman (Alec Baldwin), revela-se de nenhuma ajuda. Até o momento ele é um adolescente, Augusten já não se sente seguro em sua própria casa por causa de seus pais. Deirdre afirma que Norman é a razão para sua infelicidade, e que ele deseja matá-la. Ela coloca em última análise, Augusten sob os cuidados de seu psiquiatra, Dr. Finch (Brian Cox), o patriarca de uma família excêntrica excêntrica, que consiste de sua esposa submissa Agnes (Jill Clayburgh), filha religiosa Hope (Gwyneth Paltrow), e sua rebelde filha mais nova Natalie (Evan Rachel Wood).

Augusten acha difícil se adaptar a viver com a família do médico, e está sujeita a visitas irregulares de fim de semana de sua mãe cada vez mais instável. Depois de confessar a Natalie que ele é gay, Augusten se torna amigo de Neil Bookman (Joseph Fiennes), filho adotivo de Finch de 33 anos de idade. Os dois começam um relacionamento sexual errático rapidamente depois de uma reunião, mas Augusten tem dificuldade de lidar com a diferença de idade.

Finch manipula Deirdre a assinar mais de seu dinheiro com ele. Deirdre encontra estabilidade temporária com sua companheira de vida Dorothy (Gabrielle Union), mas Augusten se sente como sua mãe não quer mais ele, e lida com os efeitos negativos da esquizofrenia de Neil.

No final do filme, Augusten parte para Nova York para se tornar um escritor. Ele se despede de sua mãe e vai para a estação de ônibus. Agnes, com quem desenvolveu uma relação de carinho, chega e dá-lhe algum dinheiro, ela salvou-se.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Running with Scissors teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 32 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 52% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 6.0, usada para avaliar a recepção do público.[2] Obteve 30% de críticas positivas no Rotten Tomatoes.[3] Desempenho do Bening no filme fez angariar-lhe algum louvor, ganhando-lhe uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz em um Filme - Musical ou Comédia.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora para o filme foi lançado em 26 de setembro de 2006, um mês antes do lançamento do filme.[4]

  1. "Pick Up the Pieces" – Average White Band
  2. "Blinded by the Light" – Manfred Mann's Earth Band
  3. "The Things We Do for Love" – 10cc
  4. "Mr. Blue" – Catherine Feeny
  5. "One Less Bell to Answer" – The 5th Dimension
  6. "Quizás, Quizás, Quizás" (Perhaps, Perhaps, Perhaps) – Nat King Cole
  7. "Poetry Man" – Phoebe Snow
  8. "Bennie and the Jets" – Elton John
  9. "Year of the Cat" – Al Stewart
  10. "O Tannenbaum" – Vince Guaraldi Trio
  11. "A Great Ocean Liner" – James S. Levine
  12. "Stardust" – Nat King Cole
  13. "Teach Your Children" – Crosby, Stills, Nash & Young

Uma adaptação do Telepopmusik de "Another Day" foi também um tema subjacente que recorreram várias vezes ao longo do filme. "Waltz For Debby", "Very Early" e "Re: Person I Knew", de Bill Evans são usadas no filme também. A música que está tocando na cena "Stew" é "d-moll" pela dupla Tosca fora de seu álbum Delhi 9; este tema se repete ao longo do filme.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]