Ruth Wodak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ruth Wodak (Londres, 12 de julho de 1950) é uma linguista austríaca conhecida por seu trabalho em análise crítica do discurso. É professora emérita da Universidade de Lancaster, sendo também afiliada à Universidade de Viena.[1] Suas pesquisas centram-se em assuntos como antissemitismo, estudos de gênero, discurso político, discurso organizacional e a construção das identidades europeia e austríaca.[2]

Desenvolveu, com Martin Reisigl, a abordagem histórico-discursiva de análise crítica do discurso, que envolve triangulação e enfatiza a combinação da análise textual com a análise do contexto político e histórico. Sua metodologia faz uso da linguística sistêmico-funcional, da teoria da argumentação e da etnografia.[2]

Bibliografia selecionada[editar | editar código-fonte]

  • Disorders of Discourse (1996)
  • The Discursive Construction of National Identity (1999/2009) (com Rudolf de Cillia, Martin Reisigl e Karin Liebhart)
  • Discourse and Discrimination: Rhetorics of Racism and Antisemitism (2001) (com Martin Reisigl)
  • The Politics of Exclusion: Debating Migration in Austria (2008) (com Krzyzanowski)
  • The Discourse of Politics in Action: Politics as Usual (2009)
  • Methods of critical discourse analysis (2009) (editado com Michael Meyer)

Referências

  1. «Ruth Wodak» (em inglês). Lancaster University. Consultado em 8 de novembro de 2019 
  2. a b Baker, Paul, 1972- (2011). Key terms in discourse analysis. New York, N.Y.: Continuum International Pub. Group. ISBN 9781441173133. OCLC 703257723 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]