São João de Iracema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São João de Iracema
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de São João de Iracema
Bandeira
Brasão de armas de São João de Iracema
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Poços"
Gentílico iracemense
Localização
São João de Iracema está localizado em: Brasil
São João de Iracema
Localização de São João de Iracema no Brasil
Mapa de São João de Iracema
Coordenadas 20° 30' 46" S 50° 21' 07" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes General Salgado e São João das Duas Pontes
Distância até a capital 570 km
História
Fundação 1941 (79 anos)
Administração
Prefeito(a) Luciana Dias Rodrigues (DEM, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 178,6 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 2 083 hab.
Densidade 11,7 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 508 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,761 alto
PIB (IBGE/2009[4]) R$ 27 870 mil
PIB per capita (IBGE/2009[4]) R$ 15 397,93

São João de Iracema é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 20º30'48" sul e a uma longitude 50º21'08" oeste, estando a uma altitude de 508 metros. Tem uma população de 2.083 habitantes (IBGE/2010)[1].

História[editar | editar código-fonte]

O município foi fundado em 1941 por Joaquim Inácio Xavier, devoto de São João Batista, que por isso escolheu São João como santo padroeiro. Joaquim Inácio Xavier, dominado pelo espírito aventureiro, resolveu desbravar um pedaço do sertão do estado de São Paulo, vindo de uma cidade chamada Montidouro, hoje conhecida como Itaiúba, na região de Poloni. Comprou 50 alqueires de terra e construiu uma casa em plena floresta, trazendo sua esposa e seus dez filhos. Destes cinquenta alqueires, doou uma área de terra para a construção de uma capela e dividiu dois alqueires de terra em lotes, para vender aos futuros moradores. São João de Iracema na época era conhecida como “Os Poços”, nome colocado pelos boiadeiros que por aqui transitavam e paravam para as refeições ou pouso, com suas boiadas. Seu gentílico é iracemense. O primeiro prefeito da cidade foi o saudoso David José Martins.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 178,6 km².

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010[1]

População Total: 2.083

  • Urbana: 1.552
  • Rural: 531
  • Homens: 1006[5]
  • Mulheres: 1077

Densidade demográfica (hab./km²): 9,97

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[7], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[8] para suas operações de telefonia fixa.

Referências

  1. a b c «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 9 de janeiro de 2012. Arquivado do original (PDF) em 5 de agosto de 2012 
  5. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  8. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]