Salomon August Andrée

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Salomon August Andrée
Nome nativo Salomon August Andrée
Nascimento 18 de outubro de 1854
Gränna
Morte 1897, outubro de 1897
Ilha Kvit
Cidadania Suécia
Alma mater Instituto Real de Tecnologia
Ocupação explorador, engenheiro, balonista

Salomon August Andrée (Gränna, 18 de outubro de 1854Kvitøya, Svalbard, outubro de 1897), mais conhecido pela abreviação S. A. Andrée, foi um engenheiro, físico, aeronauta e explorador polar sueco que pereceu enquanto liderava uma tentativa de alcançar o Polo Norte em um balão. A expedição organizada por ele fracassou em alcançar seu destino e resultou nas mortes de todos os três integrantes da equipe.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juventude e influências[editar | editar código-fonte]

Andrée nasceu na pequena cidade, de Gränna, Suécia. Era particularmente ligado à mãe, especialmente após a morte do pai em 1870. Frequentou o Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo, graduando-se engenheiro mecânico em 1874. Em 1876, visitou a Exposição Universal na Filadélfia, onde foi empregado como zelador do Pavilhão Sueco. Durante a viagem aos Estados Unidos, leu um livro sobre ventos alísios e conheceu o balonista John Wise; a experiência seria o estopim de sua paixão por balões. De volta ao lar, abriu uma oficina, onde trabalhou até 1880. Com o fracasso do empreendimento, passou a procurar outro emprego. De 1880 a 1882, foi assistente no Instituto Real de Tecnologia, e entre 1882-1883 participou de uma expedição científica a Spitsbergen liderada por Nils Ekholm, sendo responsável pelas observações a respeito da eletricidade do ar. A partir de 1885, foi contratado pelo escritório de patentes sueco, emprego que manteve até sua morte. De 1891 a 1894, foi também um membro liberal do conselho municipal de Estocolmo. Como cientista, Andrée publicou artigos sobre eletricidade, condução de calor e invenções em geral. Ele via a vida através da ótica das ciências naturais, e não tinha qualquer interesse em arte ou literatura. Acreditava piamente no progresso técnico e industrial, e costumava afirmar que a emancipação feminina surgiria como consequência direta disso.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sollinger, Guenther (2005). S.A. Andree: The Beginning of Polar Aviation 1895-1897. Moscou. Academia Russa de Ciências
  2. Magnusson, Thomas; et al. (2004). «Andrée, S.A.». Vad varje svensk bör veta (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 58. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  3. "The Ice Balloon". The New Yorker, 19 de abril de 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.