Santana do Deserto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Santana do Deserto
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1963
Gentílico santanense
Prefeito(a) Wallace Sebastião Vasconcelos Leite (DEM)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Santana do Deserto
Localização de Santana do Deserto em Minas Gerais
Santana do Deserto está localizado em: Brasil
Santana do Deserto
Localização de Santana do Deserto no Brasil
21° 57' 00" S 43° 09' 57" O21° 57' 00" S 43° 09' 57" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008[1]
Microrregião Juiz de Fora IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Juiz de Fora, Matias Barbosa, Simão Pereira, Chiador, Mar de Espanha, Pequeri e Comendador Levy Gasparian
Distância até a capital 306 km
Características geográficas
Área 182,655 km² [2]
População 3 860 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 21,13 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,744 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 20 081,690 mil IBGE/2010[5]
PIB per capita R$ 6 034,73 IBGE/2010[5]
Página oficial
Prefeitura www.santanadodeserto.mg.gov.br

Santana do Deserto é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada para 2013 é de 3.997 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Santana do Deserto, após ter vivido um período áureo durante o século XIX com a cultura do café, razão das inúmeras e belíssimas sedes de fazendas encontradas no município, atravessou um período de ostracismo econômico. O fim do ciclo do café, em decorrência do desaparecimento da mão de obra escrava e do desgaste do solo, acarretou o abandono das grandes fazendas do Vale do Paraíba.

A partir do final da década de 80, com a abertura da rodovia BR-040, e a facilidade de acesso a partir de centros urbanos importantes, como o Rio de Janeiro e Juiz de Fora, o município volta a ser centro de interesse para o desenvolvimento do turismo rural, local de veraneio e o desenvolvimento de atividade pecuária de elite, notadamente gado Brahman.

Santana do Deserto reúne, hoje, a maior concentração de criadores de gado Brahman na zona de influência do Estado do Rio de Janeiro. Dentre os principais criadores, destaca-se o criatório Brahman Mucugy, além de outros.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Principais Rios[editar | editar código-fonte]

  • Rio Cagado
  • Ribeirão Zumbi
  • Rio Caguincho

Bacia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Poder Executivo[editar | editar código-fonte]

  • Prefeito: Wallace Sebastião Vasconcelos Leite
  • Vice-Prefeito: Ricardo Viana de Lima
  • Prefeitos Anteriores:
    • Valdesir Santos Botelho (2013 - 2016)
    • Gilson Geraldo Fraga Granzinoli (2005 - 2012)
    • Marco Antônio Lins Bastos (2001 - 2004)
    • Luiz Carlos Tavares da Silva (1997 - 2000)
    • Marco Antônio Lins Bastos (1993 - 1996)
    • Luiz Carlos Tavares da Silva (1989 - 1992)

Poder Legislativo[editar | editar código-fonte]

  • Alessandro Andrade Pereira
  • Danilo Miguel de Oliveira
  • Fábio Joaquim Lopes Moreira
  • João Carlos Grossi de Oliveira
  • Leonardo dos Santos Henrique
  • Luiz Carlos Florentino de Souza
  • Marcus Vinícius Ferreira Justino
  • Roberta Palhares Rodrigues
  • Valdevino da Silva Mariano

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 2 de setembro de 2013. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.