Sebastiano del Piombo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sebastiano del Piombo
O Violinista (1518), considerado um autorretrato do artista.
Nascimento Sebastiano Luciani
1485
Veneza
Morte 21 de junho de 1547
Roma
Cidadania República de Veneza
Ocupação Pintor
Período de atividade 1505-1547
Principais trabalhos A Ressurreição de Lázaro (1519)
Obras destacadas Organ doors with saints, A Young Roman Woman, The Death of Adonis
Movimento estético Renascimento

Sebastiano del Piombo (c. 1485 em Veneza - Roma, 21 de junho de 1547) foi um pintor veneziano.

O nome verdadeiro do pintor era Sebastião Luciani, conhecendo-se por Viniziano. Aprendiz em Veneza de Giovanni Bellini e depois de Giorgione, cujo estilo teve forte influência sobre ele, foi para Roma em 1511 chamado pelo banqueiro Agostino Chigi, e em Roma decorou com afrescos a Villa Farnesina. Passou um ano mais em Veneza, de 1528 a 1529 e depois a vida toda em Roma. Na cidade, em 1531, recebeu o título honorífico de Protetor do Selo da Cúria - o pombo ou piombo - origem de seu nome futuro.

Executou principalmente grandes painéis para igrejas em Roma, mas fez alguns retratos. Rafael e Michelangelo se deixaram influenciar por sua obra, marcada pela monumentalidade e vigorosa linguagem formal. Belas peças são sua Transfiguração de Cristo e a Flagelação de Cristo, na capela Borgherini da igreja de San Pietro in Montorio.

O martírio de Santa Ágata
A Morte de Adônis, Galeria Uffizi, Florença
Retrato de Andrea Doria

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sebastiano del Piombo