Sergey Rodionov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sergey Rodionov
Sergey Rodionov
Informações pessoais
Nome completo Sergei Yurievich Rodionov
Data de nasc. 3 de setembro de 1962
Local de nasc. Moscou,  União Soviética
Informações profissionais
Equipa atual Rússia Spartak Moscou
Posição Diretor Geral (Ex-atacante)
Clubes de juventude
1974–1978 União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Spartak Moscou
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1978
1979–1990
1990–1993
1993–1995
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Asmaral Moscou
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Spartak Moscou
França Red Star
Rússia Spartak Moscou
1 (0)
279 (119)
64 (10)
24 (5)
Seleção nacional
1980–1990 Flag of the Soviet Union.svg União Soviética 37 (8)
Times/Equipas que treinou
1996–1999
2001
2004–2006
2006–2010
2015–
Rússia Spartak Moscou (reservas)
Rússia Spartak Lukhovitsy
Rússia Spartak Moscou (reservas)
Rússia Spartak Moscou (reservas)
Rússia Spartak Moscou (diretor-geral)




Sergei Yurievich Rodionov - em russo, Серге́й Юрьевич Родионов (Moscou, 3 de setembro de 1962) é um ex-futebolista profissional e treinador russo que atuava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Asmaral Moscou (onde jogou 1 partida em 1978), Rodionov jogou quase toda a carreira no Spartak Moscou, onde teve 2 passagens: a mais destacada foi entre 1979 e 1990, atuando em 279 partidas e marcando 119 gols, sagrando-se tricampeão soviético.

Com a liberação dos jogadores do Leste Europeu para atuar em clubes ocidentais, mudou-se para a França em 1990 para jogar no Red Star, pelo qual esteve presente em 64 partidas, além de ter balançado as redes adversárias 10 vezes. Voltaria à Rússia e ao Spartak em 1993, pendurando as chuteiras em 1995.

No ano seguinte, virou técnico da equipe reserva dos Krasno-Belye, cargo que exerceria durante 3 anos. Seu único trabalho como treinador em tempo integral foi em 2001, no Spartak Lukhovitsy. Permaneceu 3 anos parado antes de voltar novamente ao Spartak em 2004. Entre 2006 e 2010, foi auxiliar-técnico do clube.

Entre 2011 e 2015, foi presidente da Academia de Futebol do Spartak e, desde junho de 2015, é diretor-geral da equipe.

Seleção Soviética[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Soviética, Rodionov disputou as Copas de 1982 e 1986.[1]

Ausente da Eurocopa de 1988, também não foi lembrado para jogar a Copa de 1990, e encerraria o ciclo pelo Exército Vermelho após o jogo contra a Holanda, onde a URSS venceu por 2 a 1. Em uma década de Seleção, foram 37 partidas e 8 gols marcados.

Referências

  1. «Elenco da Copa de 82». Consultado em 13 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]