Viktor Chanov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viktor Chanov
Informações pessoais
Nome completo Viktor Viktorovich Chanov
Data de nasc. 21 de julho de 1959
Local de nasc. Donets'k, União Soviética
Nacionalidade ucraniano
Falecido em 8 de fevereiro de 2017 (57 anos)
Local da morte Kiev, Ucrânia
Altura 1,84 m
Informações profissionais
Posição Goleiro
Clubes de juventude
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Shakhtar Donets'k
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1978–1981
1982–1990
1990–1993
1993–1994
1994–1995
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Shakhtar Donetsk
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Dínamo de Kiev
Israel Maccabi Haifa
Israel Bnei-Yehuda (emp.)
Ucrânia CSKA-Borysfen
62 (0)
202 (0)
78 (0)
28 (0)
10 (0)
Seleção nacional
1982–1990 Flag of the Soviet Union.svg União Soviética 21 (0)

Viktor Viktorovich Chanov (para os ucranianos, Viktorovych) - respectivamente, em russo, Виктор Викторович Чанов e, em ucraniano, Віктор Вікторович Чанов (Donets'k, 21 de julho de 1959 - Kiev, 8 de fevereiro de 2017) foi um futebolista ucraniano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Goleiro, começou a carreira em 1978 no Shakhtar Donets'k, onde já jogava seu irmão mais velho, V'yacheslav, também goleiro. Ambos separaram-se nos anos 80; Viktor foi para o gol do poderoso Dínamo de Kiev, e V'yacheslav rumou para o Torpedo Moscou. Foram convocados juntos para a Copa de 1982, a única vez em que goleiros irmãos foram para uma Copa. Entretanto, ambos ficaram na reserva, tendo sido Rinat Dasayev o titular da Seleção Soviética no mundial.

Viktor conquistaria três campeonatos soviéticos com o Dínamo, participando também do título da Recopa Européia de 1985, quando, na final, jogou com uma mão machucada.

Pela URSS, foi convocado também para as Copas de 1986 e 1990 e para a Eurocopa de 1988, já sem a companhia do irmão, e continuando na reserva de Dasayev, que, durante a partida contra a Irlanda, lesionou a mão, fazendo com que Viktor entrasse aos 24 minutos do segundo tempo. A única partida que jogou em Copas foi contra o Canadá, na terceira partida da primeira fase do mundial de 1986, quando a União Soviética já estava classificada.

Despediu-se da seleção em 1990, não chegando a jogar pela Ucrânia quando esta tornou-se independente, e foi para o futebol israelense, onde ficou até 1995, quando, já de volta ao seu país, parou de jogar, no CSKA-Borysfen. Ficou os quatro primeiros jogos sem tomar gols no Maccabi Haifa, o primeiro clube que defendeu no país.[1] Após o encerramento da carreira, foi auxiliar-técnico do CSKA-Borysfen entre 1995 e 1996, chegando a ser treinador do clube após a demissão de Mykhaylo Fomenko. Voltaria ao Dínamo de Kiev em 2006, desta vez como auxiliar-técnico de Anatoliy Demyanenko.

Viktor Chanov morreu aos 57 anos, em 8 de fevereiro de 2017[2][3], vitimado por lesões no crânio decorrentes de uma agressão. Ele chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu.

Referências

  1. «Elenco da Copa de 86». Consultado em 13 de fevereiro de 2016 
  2. «Famous Dynamo Kyiv goalkeeper Viktor Chanov has died» (em russo). 8 de fevereiro de 2017. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  3. «Morreu Viktor Chanov, antigo guarda-redes do Dinamo de Kiev e da União Soviética». Público. 9 de fevereiro de 2017. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]