Sergio Osmeña

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sergio Osmeña
2.º Presidente das Filipinas
Período 1 de Agosto de 1944
a 28 de Maio de 1946
Antecessor(a) Manuel Quezon
Sucessor(a) Manuel Roxas
Dados pessoais
Nascimento 9 de setembro de 1878
Cebu, Filipinas
Morte 19 de outubro de 1961 (83 anos)
Quezon, Filipinas
Primeira-dama Esperanza Limjap
Partido Partido Nacionalista

Sergio Osmeña (Cebu, 9 de Setembro de 1878Quezon, 19 de Outubro de 1961) foi presidente das Filipinas entre 1944 e 1946.[1][2]

Sergio Osmeña, antes de começar a sua carreira como político, foi advogado e jornalista tendo fundado em Cebu o jornal El Nuevo Dia.[2]

Foi governador de Cebu e Presidente da Câmara de Representantes de 1902 a 1922.

Em 1935, durante a presidência da Commonwealth por Manuel Quezon, teve o cargo de vice-presidente, tendo sido reeleito para novo mandato em 1941.[1][2]

Durante a invasão japonesa, mudou-se para os Estados Unidos da América, assumindo aí, após a morte de Manuel Quezon em 1944 a presidência no exílio da União Filipina. Depois da libertação das Filipinas manteve o cargo de Presidente até 1946.[1][2]

Referências

  1. a b c Kang, David C.; Kang, Professor David C. (2002). Crony Capitalism: Corruption and Development in South Korea and the Philippines (em inglês). Cambridge: Cambridge University Press. p. 143. ISBN 9780521004084 
  2. a b c d Lentz, Harris M. (2014). Heads of States and Governments Since 1945 (em inglês). Abingdon-on-Thames: Routledge. p. 1945. ISBN 9781134264971 

Precedido por
Manuel Quezon
Presidente das Filipinas
1944 - 1946
Sucedido por
Manuel Roxas
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.