Siderlândia (Volta Redonda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Siderlândia
—  Bairro do Brasil  —
Zona Leste
Leste
Área
 - Total 1,4
População (2005)
 - Total 8,541
Fonte: Não disponível

O Siderlândia, popularmente conhecido também como Divisa, é um bairro do Município de Volta Redonda, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil.[1][2][3][4]

Situado na Zona Oeste da cidade e com cerca de 1,4 km², e 8541 habitantes (est. 2005) o bairro, que é predominantemente residencial, possui algum comércio popular em grande parte de suas ruas. Algumas escolas públicas, bem como unidades de saúde situados neste bairro, acabam por trazer pessoas de outras localidades de Volta Redonda e dos bairros limítrofes da cidade de Barra Mansa para ali terem atendimento médico e ensino público. O bairro conta com duas unidades de saúde, uma creche, uma escola estadual e duas municipais e está numa das áreas mais densamente povoadas da cidade.

Duas das principais vias de acesso e escoamento do município passam por este bairro, cabendo citar a avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes (que liga vai da divisa com o município de Barra Mansa até o bairro Niterói, na Zona Norte da cidade e o elevado Castelo Branco, que liga o Siderlândia ao bairro Ponte Alta, passando sobre o bairro Siderville e pela via expressa Afrânio Bastos.

Em 2012, foi palco de evento da prefeitura, referente a inauguração de obras.[3][4]

Referências

  1. Diário do Vale (20 de janeiro de 2012). «Mulher é assaltada na Ponte Alta, em Volta Redonda». Diariodovale.uol.com.br. Consultado em 5 de abril de 2012. 
  2. Diário do Vale (2 de abril de 2012). «Menor é baleado no bairro Siderlândia em Volta Redonda». Diariodovale.uol.com.br. Consultado em 5 de abril de 2012. 
  3. a b Diário do Vale (25 de março de 2012). «Prefeito Neto entrega praça no Siderlândia». Diariodovale.uol.com.br. Consultado em 5 de abril de 2012. 
  4. a b «Festa com artistas marca inauguração na Siderlândia». Focoregional.com.br. 25 de março de 2012. Consultado em 5 de abril de 2012.