Sierra Burgess Is a Loser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sierra Burgess Is a Loser
Sierra Burgess é uma Loser (BRA)
 Estados Unidos
2018 •  cor •  105 min 
Direção Ian Samuels
Roteiro Lindsey Beer
Elenco Shannon Purser
Kristine Froseth
RJ Cyler
Noah Centineo
Will Peltz
Lea Thompson
Alan Ruck
Gênero comédia
Música Patrick Kirst
Cinematografia John W. Rutland
Edição Andrea Bottigliero
Companhia(s) produtora(s) Black Label Media
Distribuição Netflix
Lançamento 7 de setembro de 2018
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Sierra Burgess Is a Loser é um filme de comédia americano dirigido por Ian Samuels e com roteiro de Lindsey Beer. O filme é um relato moderno da história de Cyrano de Bergerac, estrelado por Shannon Purser, Kristine Froseth, RJ Cyler, Noah Centineo, Will Peltz, Lea Thompson e Alan Ruck.

O filme foi lançado em 7 de setembro de 2018, pela Netflix.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Um caso de identidade equivocada resulta em um romance inesperado, quando a garota mais popular do ensino médio e a maior perdedora devem se unir para conquistar suas paixões.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O filme foi anunciado pela primeira vez em setembro de 2016 como um relato moderno da história de Cyrano de Bergerac, a ser dirigido por Ian Samuels a partir de um roteiro de Lindsey Beer, e com Ben Hardy no papel principal masculino.[1] No mesmo anúncio, foi revelado que a Black Label Media de Thad Luckinbill produziria o filme.[2] Em 18 de janeiro de 2018, foi anunciado que a Netflix adquiriu os direitos do filme. O filme está programado para ser lançado no serviço de streaming, em algum momento de 2018.[3]

Seleção de elenco[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2016, RJ Cyler foi escalado como o melhor amigo do personagem principal. [4] Em 5 de janeiro de 2017, Shannon Purser foi escalada como Sierra Burgess, [5] e no dia seguinte, Kristine Froseth foi escalada para um papel coadjuvante.[6] Mais tarde, no mesmo mês, Will Peltz se juntou ao elenco em um papel co-estrelado.[7] Em 1 de fevereiro de 2017, Noah Centineo foi escolhido como o protagonista masculino, substituindo Ben Hardy, que havia sido anteriormente ligado ao papel.[8] Também em fevereiro de 2017, Lea Thompson e Alan Ruck se juntaram ao filme como os pais da personagem-título.[9]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2017, o compositor e músico Leland anunciou que completou a trilha sonora do filme com Bram Inscore. Além disso, ele revelou que o par também co-escreveu uma música com Troye Sivan e Allie X, que será apresentada no filme.[10]

Referências

  1. «Ben Hardy To Topline Modern Cyrano De Bergerac Pic 'Sierra Burgess Is A Loser'». 9 de setembro de 2016. Consultado em 27 de maio de 2018 
  2. «Ben Hardy To Topline Modern Cyrano De Bergerac Pic 'Sierra Burgess Is A Loser'». 9 de setembro de 2016. Consultado em 27 de maio de 2018 
  3. «Netflix Seals Deal For 'Sierra Burgess Is A Loser'». 18 de janeiro de 2018. Consultado em 27 de maio de 2018 
  4. «RJ Cyler Cast In 'Sierra Burgess Is A Loser'; Annika Marks Boards 'The Last Champion'». 1 de dezembro de 2016. Consultado em 27 de maio de 2018 
  5. «'Stranger Things' Shannon Purser To Star In 'Sierra Burgess Is A Loser'». 5 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018 
  6. «Kristine Froseth Joins Class For 'Sierra Burgess Is A Loser'». 6 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018 
  7. «Benedict Hardie Joins 'Stem'; Will Peltz Enrolls In 'Sierra Burgess'». 27 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018 
  8. «Miya Cech Joins Fox's 'The Darkest Minds'; Noah Centineo Cast In 'Sierra Burgess Is A Loser'». 1 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018 
  9. «Lea Thompson & Alan Ruck Join Black Label's 'Sierra Burgess Is A Loser'». 14 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018 
  10. «Songwriter Leland Talks Selena Gomez's 'Fetish' & Working With Fellow Queer Artists». 14 de julho de 2017. Consultado em 27 de maio de 2018