Sign of the Hammer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sign of the Hammer
Álbum de estúdio de Manowar
Lançamento 15 de outubro de 1984
Gravação Phase One Studios, Toronto, Canadá, novembro de 1983. Virgin Records' Manor Studios, Oxford, UK, 1984
Gênero(s) Heavy metal
Duração 40:33
Gravadora(s) Ten Records Estados Unidos
Virgin Records
Produção Jack Richardson, Tony Platt
Cronologia de Manowar
Último
Hail to England
(1984)
Fighting the World
(1987)
Próximo
Singles de Sign of the Hammer
  1. "All Men Play On 10"

Sign of the Hammer é o quarto álbum de estúdio da banda estadunidense de heavy metal Manowar, lançado em 15 de outubro de 1984.

Em 2005, Sign of the Hammer ficou na posição 418 no livro "The 500 Greatest Rock & Metal Albums of All Time" da revista Rock Hard.[1]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 2.5 de 5 estrelas. [2]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas compostas por Joey DeMaio, exceto "The Oath", escrita por Joey DeMaio e Ross The Boss.

N.º Título Duração
1. "All Men Play on 10"   4:01
2. "Animals"   3:34
3. "Thor (The Powerhead)"   5:23
4. "Mountains"   7:39
5. "Sign of the Hammer"   4:18
6. "The Oath"   4:54
7. "Thunderpick"   3:31
8. "Guyana (Cult of the Damned)"   7:10

Formação[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A faixa "All Men Play On 10" é raramente executada pela banda. A letra define o heavy metal, e tem um instrumental carregado e forte, típico da banda.
  • A faixa "Thor (The Powerhead)" é sobre o deus nórdico Thor — como sugere o título — destruindo o mal na terra e os gigantes (inimigos de Thor). A letra faz referência ao Ragnarök (versão nórdica do apocalipse), com a frase "viva para lutar no último dos dias" repetida várias vezes.
  • A faixa "Guyana (Cult Of The Damned)" é sobre o suicídio em massa comandado por Jim Jones, líder da seita Templo do Povo. O fato ocorreu na cidade de Jonestown, Guiana, em 1978.

Referências

  1. [...], Rock Hard (Hrsg.). [Red.: Michael Rensen. Mitarb.: Götz Kühnemund] (2005). Best of Rock & Metal die 500 stärksten Scheiben aller Zeiten (Königswinter: Heel). p. 42. ISBN 3-89880-517-4. 
  2. Avaliação no allmusic