Spending My Time

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Spending My Time"
Single de Roxette
do álbum Joyride
Lançamento 1991
Gênero(s) Pop
Duração 4:49 (album version)
Gravadora(s) EMI Records
Composição Per Gessle & Mats Persson
Produção Per Gessle
Cronologia de singles de Roxette
"The Big L."
(1991)
"Church of Your Heart"
(1992)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Spending My Time", escrita por Per Gessle, foi o quarto single do álbum Joyride lançado pela dupla sueca Roxette. O single atingiu a 32ª posição no ranking Billboard Hot 100. Uma versão remix foi criada por MC King Carli e Dr. Renault no EMI Studios em Estocolmo, Suécia, em Julho de 1991. Uma versão em espanhol da canção, chamada "Un Día Sin Ti" (Um Dia Sem Você), foi lançada no álbum Baladas En Español, de 1996.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Spending My Time (Album Version)
  2. Spending My Time (Electric Dance Remix)
  3. The Sweet Hello, The Sad Goodbye
  4. Spending My Time (Electric Dance Remix/Instrumental)

Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Esta música alcançou o top 10 no Canadá e na Alemanha, e foi um grande sucesso em diversos outros lugares no mundo todo. Na América do Sul (especialmente no Brasil, onde foi #1), a canção se tornou tão bem-sucedida como "Joyride" ou "It Must Have Been Love". Em 1996 - cantada em perfeito espanhol e chamada de "Un Día Sin Ti" - foi o primeiro single do álbum Baladas En Español, atingindo o Top 3 no Chile, Argentina, Espanha e muitos outros países latino-americanos. Spending My Time que em Português significa Perdendo o meu Tempo foi uma canção escrita e elevada de Per Gessle os arranjos músicas e as batidas de Rock e Pop na canção era muito diferente e soberano disse Per Gessle

Passar o tempo foi um sucesso considerável no Brasil, devido à extensa airplay, bem como fazer parte da telenovela brasileira" trilha sonora Outrageous Preppy Mulheres "(Perigosas Peruas - Trilha Sonora Internacional - 1992) pela TV Rede Globo.

Referências[editar | editar código-fonte]

Essa canção traz uma referência a música "The Tears of a Clown", lançada em 1967 por Smokey Robinson & the Miracles a canção fez sucesso no mundo todo entre bailes na época.

Versão do Brasil[editar | editar código-fonte]

A canção ganhou uma versão no Brasil em 1998, no álbum "Vol.3", lançada pela dupla Cleiton & Camargo, intitulada "Na Hora de Amar". No qual alcançou desempenho nas paradas, atingindo a 14ª posição, embora tenha sido alvo de muitas críticas.

Em 2017, o cantor sertanejo Gusttavo Lima regravou a canção no seu novo albúm intitulado "Buteco do Gusttavo Lima 2".

Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.