Stephen Hales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stephen Hales
Fisiologia, química
Nacionalidade Inglaterra Inglês
Nascimento 17 de setembro de 1677
Local Bekesbourne, Kent
 Inglaterra
Morte 4 de janeiro de 1761 (83 anos)
Local Teddington
Atividade
Campo(s) Fisiologia, química
Prêmio(s) Medalha Copley (1739)

Stephen Hales (Bekesbourne, Kent, 17 de setembro de 1677Teddington, 4 de janeiro de 1761) foi um fisiologista, químico e inventor inglês.

Stephen Hales nasceu em Bekesbourne em Kent. Hales estudou o papel do ar e da água na manutenção da vida animal e vegetal. Deu precisas descrições dos movimentos da água nas plantas, e demonstrou que as plantas absorvem ar. Hales também é creditado com importantes desenvolvimentos no domínio da coleta de gases.

Conhecido como um pioneiro da fisiologia experimental, Hales mostrou que alguns reflexos são mediados pela medula espinhal.

Recebeu a Medalha Copley de 1739,[1] "por seus experimentos em busca de medicamentos para dissolver cálculos renais, e conservantes para alimentos em longas viagens marítimas".[2]

Contribuições[editar | editar código-fonte]

As contribuições de Hales à ciência foram muito amplas, das quais se compilam em quatro áreas de interesse: fisiologia vegetal, a química do ar, fisiologia animal e ventilação de espaço confinados. Sua principal obra foi Statical Essays, na qual o primeiro volume, Vegetable Staticks (1727), trata sobre fisiologia vegetal e a química do ar. Hales estudou a transpiração das plantas através de estimativas sobre as dimensões das folhas e raízes, as quais lhe permitiram definir a pressão radicular[3] e, portanto, o fluxo de água no vegetal, o que precedia a teoria de coesão[4] relacionada ao movimento da água (tensão superficial). Hales também pressupôs que a luz agia como fonte de energia para o crescimento das plantas e descreveu a entrada de ar em vegetais pelo tronco, folhas e raiz.

O segundo volume, Haemastaticks (1733), aborda a fisiologia animal. Hales realizou diversos experimentos relacionados ao sistema circulatório, como a medição da pressão sanguínea[5], efeitos da hemorragia[6], funções das válvulas mitral e aórtica durante a sístole e a diástole[7]. Os resultados foram obtidos graças à avaliação do comportamento de animais vivos e de uma série de moldes produzidos por Hales para os experimentos. Haemastaticks também descreve trabalhos não relacionados com o sangue, como as tentativas de dissolver cálculos com diversas substâncias e estudos sobre crescimento dos ossos[8].

Como inventor, Hales desenvolveu ventiladores a fim de combater miasmas em ambientes fechados[9][10]. Seus ventiladores foram utilizados em grande escala em minas, navios, prisões e obtiveram sucesso em reduzir o número de doenças respiratórias.

Referências

  1. «Award winners : Copley Medal» (em inglês). The Royal Society. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  2. No original em inglês: "For his Experiments towards the Discovery of Medicines for dissolving the Stone; and Preservatives for keeping Meat in long voyages at Sea"
  3. Brown S and Simcock DC (2011). «Stephen Hales and the practice of science». Medical Physiology Online [S.l.: s.n.] 
  4. Floto F. Stephen Hales and the cohesion theory. Trends Plant Sci. 1999;4(6):209.
  5. Hall, W. D. (1987). «Stephen Hales: theologian, botanist, physiologist, discoverer of hemodynamics». Clinical Cardiology [S.l.: s.n.] 10 (8): 487–9. doi:10.1002/clc.4960100816. PMID 3304746. 
  6. Macklem PT (2010). «Stephen Hales, an unrecognized giant of medicine». Osler Library Newsletter [S.l.: s.n.] (114): 1–4. PMID 21542394. 
  7. http://www.bg.ic.ac.uk/research/k.parker/wave_intensity_web/history_hales.htm
  8. Smith IB (1993). «The impact of Stephen Hales on medicine». Journal of the Royal Society of Medicine [S.l.: s.n.] 86 (6): 349–52. PMC 1294486. PMID 8315630. 
  9. Archibald Edmund Clark-Kennedy. Stephen Hales, D.D., F.R.S.: an eighteenth century biography. Cambridge University Press, 1929.
  10. Schofield, Robert E. (1980). Stephen Hales, Scientist and philanthropist (Menston, Eng: Scolar Press). ISBN 0-85967-482-7. 


Precedido por
James Valoue
Medalha Copley
1739
Sucedido por
Alexander Stuart


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.