Suddenly Susan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sudenly Susan
'Imprevisível Susan' (PT)
'Suddenly Susan' (BR)
Informação geral
Formato
Duração 30 minutos por episódio
Criador(es) Clyde Phillips
País de origem EUA
Idioma original inglês
Produção
Elenco Brooke Shields
Kathy Griffin
Nestor Carbonell
Judd Nelson
David Strickland
Barbara Berrie
Exibição
Transmissão original 10 de Setembro, 199626 de Dezembro, 2000
Nº de temporadas 4
Nº de episódios 93

Suddenly Susan (Imprevisível Susan em Portugal e Suddenly Susan no Brasil) foi uma sitcom da NBC exibida de 1996 a 2000, teve como protagonista a atriz Brooke Shields que recebeu a oferta após a sua ótima atuação no episódio Aquele Depois do Superbowl do seriado Friends.

A história se passa na cidade de San Francisco, onde Susan está prestes a se casar com Kip Richmond, mas de repente Susan desiste do casamento no meio, jogando tudo pro alto, voltando para a casa de sua avó Nana (Barbara Barrie), e arranjando um emprego na revista The Gate que o dono é o irmão de Kip, Jack Richmond (Judd Nelson). Traalhando com o fotografo Luis Rivera (Nestor Carbonell), o crítico musical Todd Sitties (David Strickland), a crítica culinária Vicki Groener (Kathy Griffin) e a repórter investigativa Maddy Piper (Andréa Bendwald).

O piloto original[editar | editar código-fonte]

O piloto origial do programa, escrito por Billy Van Zandt & Jane Milmore que foi baseado num roteiro dramático de Clyde Phillips, Susan trabalha para uma editora de livros infantis, depois de terminar com o seu namorado Ted (Brian McNamara),Susan reencontra ele depois de anos, Susan ainda enfrenta maiores desafios no trabalho quando seu chefe Eric (Philip Casnoff)da a ela a díficil tarefa de trabalhar com Charlotte (Elizabeth Ashley) uma autora de novelas de sucesso, porém é teimosa.Felizmente, arranja forças com sua avó que a apoia, a Nana (Nancy Manchard), seus amigos Marcy (Maggie Wheeler) e Neil (David Krumholtz), que tem uma queda por Susan.

O suícidio de David Strickland[editar | editar código-fonte]

O ator da série David Strickland cometeu suicídio em 22 de março de 1999, pouco antes do final da terceira temporada. O episódio final da terceira temporada foi dedicado a Strickland. No episódio Todd fica desaparecido e Susan gasta todo o seu dinheiro tentando encontrá-lo, procurando informações, Susan descobre uma série de boas ações que Todd fez por em sua vizinhaça que Susan nunca soube. Nesse mesmo episódio, os personagens falam das experiências com Todd. O episódio termina com a música favorita de Todd (Fatboy Slim, Praise You) um clipe com imagens de Strickland e acaba com os títulos "The Gods of Comedy looked down upon you and smiled".

Quarta temporada e cancelamento[editar | editar código-fonte]

No início da quarta temporada Judd Nelson e Andréa Bendewald deixaram a sitcom. O show foi remodelado e o The Gate foi transformada em uma revista masculina com novo proprietário Ian-Maxtone Graham (Eric Idle) e mudaram para um esquálido armazém em Chinatown.

Entre Seinfeld e ER Suddenly Susan tinha ratings de sucesso com cerca de 27 milhões de telespectadores por episódios, apesar das críticas desfavoráveis, nas segunda temporada quando o seriado passou a ser as segundas-feiras teve uma grande queda de ratings. E em 2000, quando o programa já não estava no Top 100 da NBC, a emissora decidiu cancelá-lo de uma vez.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Em muitos episódios todo mundo da série para pra ver o seriado Seinfeld.
  • Sherri Shepperd Miranda que participou da quarta temporada já tinha participado da série como a personagem Roni no episódio It's a Mad, Mad, Maddy World.
  • Ian Maxtone-Graham teve esse nome em homenagem ao roteirista de Os Simpsons.
  • Suddenly Susan deixou de ser exibido pela Warner Channel.