Fatboy Slim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fatboy Slim
Fatboy Slim in 2004.jpg
Informação geral
Nome completo Quentin Leo Cook
Também conhecido(a) como Norman Cook, Pizzaman
Nascimento 16 de julho de 1963 (55 anos)
Origem Kent, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) música eletrônica
Big beat
Trip-hop
Dance
Ocupação(ões) DJ e músico
Instrumento(s) Toca-discos, teclado, baixo, guitarra, bateria
Período em atividade 1996 - atualmente
Outras ocupações produtor musical
Gravadora(s) Skint, Astralwerks, Southern Fried
Afiliação(ões) The Housemartins
Freakpower
Página oficial http://www.fatboyslim.net

Fatboy Slim, nome artístico de Norman Quentin Cook[nota 1] (nascido Quentin Leo Cook em 16 de julho de 1963, Kent, Grã-Bretanha),[2] é um músico do Reino Unido. Apesar de originalmente baixista na banda de rock The Housemartins, somente atingiu o auge de sua carreira após personificar o DJ Fatboy Slim . A mistura de house, acid, funk, hip-hop, electro e techno o consolidou de vez como um astro dentro do cenário da música eletrônica.

História[editar | editar código-fonte]

Nos anos 1980, Fatboy tocava baixo na banda The Housemartins. Mas devido a desentendimentos entre os membros da banda sobre o rumo musical a ser seguido, em 1988, a banda terminou. Depois dessa experiência, ele resolveu dar asas a sua criatividade musical e se aventurar por outros estilos musicais. Depois de abandonar a banda, juntou-se a JC Reid e Tim Jeffery e formaram o Pizzaman. Nesta época foram gravados três singles, Trippin on Sunshine, Sex on the Streets e Happiness.

Depois de abandonar o Pizzaman, seguiu carreira definitiva como Fatboy Slim. O álbum de estreia foi Better Living Through Chemistry, de 1996. Antes de lançar mais um disco, Cook fazia remixagens de canções já conhecidas, como por exemplo "Body Movin" dos Beastie Boys.

Apenas o mercado americano recebeu On the Floor at the Boutique, o resto do mundo teve mesmo que esperar o próximo lançamento. You've Come a Long Way, Baby apareceu no final de 1998, alcançando um disco de platina nos Estados Unidos. O mundo das celebridades, informações sensacionalistas e exposição pública são representados em Halfway Between the Gutter and the Stars, seu próximo álbum.

Em 2002 é gravado o álbum Live on Brighton Beach. Em 2004 lançou o álbum Palookaville que rendeu até mesmo uma turnê pelo Japão e uma passagem pelo Brasil, em 2005. (Em 2013) Desta vez esteve, inclusive, em Balneário Camboriú onde fez uma sessão para mais de 60 mil pessoas. Fatboy lançou em 2006 o álbum Why Try Harder.

Em 2007 uma nova apresentação em Brigton Beach no réveillon levou mais de 30 mil pessoas para a terceira edição do Big Beach Boutique em baixo de chuva e muito frio. Em Fevereiro, FatBoy Slim esteve novamente no Brasil, numa turnê por várias cidades como Recife, Salvador, Rio de Janeiro,Porto Seguro, São Paulo, Guarapari, Brasília, Balneário Camboriú e Atlântida. Esta turnê no Brasil incluiu uma apresentação exclusiva e ao vivo no Second Life, com a produção de um clipe para internet feito por Fábio Varicoda, além de tocar durante uma festa no Big Brother Brasil 7.

Ainda em 2007 uma apresentação no Rio de Janeiro aproximadamente 400 mil pessoas para a praia.

Em 2008 Fatboy slim retornou ao Brasil e realizou novos shows nas cidades de Fortaleza, Manaus, Belém, São Paulo, Uberlândia, Rio de Janeiro, Florianópolis, Maresias, Salvador e Recife

Em 2012 o DJ voltou ao Brasil, dessa vez nas cidades de Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande, Belo Horizonte, Brasília, João Pessoa e Arraial da Ajuda.

No dia 03 de janeiro de 2013, Fatboy Slim trouxe pela primeira vez na América Latina o projeto Big Beach Boutique, levando cerca de 60 mil pessoas as areias de Balneário Camboriú.

No dia 19 Novembro 2013 se apresentou na Casa do Folclore em Uberaba levando a casa à sua lotação máxima aproximadamente 20 mil pessoas.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Fatboy se apresenta em Brasília, 2014

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Público de Fatboy Slim no Big Beach Boutique II, 2002

Compilações[editar | editar código-fonte]

Compactos[editar | editar código-fonte]

Retirados de Better Living Through Chemistry
  • "Everybody Needs A 303" (1996)
  • "Punk to Funk" (1996)
  • "Going Out Of My Head" (1997)
  • "Everybody Needs a 303 (Remix)" (1997)
Retirados de You've Come a Long Way, Baby
Isolados
Fatboy Slim durante entrevista, 2006
Retirados de Halfway Between the Gutter and the Stars
  • "Sunset (Bird of Prey)" (2000)
  • "Demons" (com Macy Gray) (2001)
  • "Star 69" / "Weapon of Choice" (2001)
  • "A Song for Shelter" / "Ya Mama" (2001)
  • "Drop The Hate" (2001)
  • "Retox" (2002)
Retirados de Palookaville
  • "Slash Dot Dash" (2004)
  • "Wonderful Night" (2004)
  • "The Joker" (2005)
  • "Don't Let The Man Get You Down" (2005)
Retirados de The Greatest Hits - Why Try Harder
  • "That Old Pair Of Jeans" (2006)
  • "Champion Sound" (2006)

Videografia[editar | editar código-fonte]

DVDS[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Em 1985, o artista substituiu o nome de nascimento Quentin Leo Cook pelo nome Norman Quentin Cook. No entanto, essa mudança de nome somente foi oficializada pelo Governo do Reino Unido em 13 de junho de 2002.[1][2]

Referências

  1. «Changes of Name». The London Gazette (em inglês) (56625). Londres: Governo do Reino Unido. 8 de julho de 2002. p. 8166. Consultado em 9 de setembro de 2018. 
  2. a b Rogers Digital Media (ed.). «Fatboy Slim - Biography». Hello! Magazine (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Fatboy Slim
Ícone de esboço Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.