Super Bowl XLIX

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sports icon.png
Este artigo ou seção contém informações sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente à medida que novas informações estiverem disponíveis.
Super Bowl XLIX
1 2 3 4 OT Total
NE 0 14 0 14 28
SEA 0 14 10 0 24
Data 1 de Fevereiro de 2015
Estádio University of Phoenix Stadium, Glendale, Arizona
MVP da Partida A Definir
Árbitro Bill Vinovich
Público 70,288[1]
Cerimônia
Hino Nacional Idina Menzel
Cara ou Coroa Tedy Bruschi, Kenny Easley
Halftime Show Katy Perry feat. Lenny Kravitz e Missy Elliott
Transmissão (EUA)
Transmissora NBC
Custo de 30 Segundos Comerciais $4.5 milhões[2]
O estádio University of Phoenix Stadium, onde o jogo aconteceu.

O Super Bowl XLIX foi a 49.ª edição do Super Bowl, evento que representa a grande final da National Football League (a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos) e aconteceu no dia 1 de fevereiro de 2015 no University of Phoenix Stadium, em Glendale, Arizona, tendo o New England Patriots como o campeão da temporada de 2014 da NFL.[3] A cidade-sede e o estádio foram anunciados em 2011. Inicialmente, a NFL pretendia mandar o jogo em Kansas City, mas os Chiefs desistiram após não conseguir as aprovações necessárias para renovar o Arrowhead Stadium.[4] Como parte do novo acordo de rede NFL, a rede de televisão NBC foi a emissora oficial do jogo.[5]

A partida foi disputada entre o New England Patriots, campeão da AFC, e o Seattle Seahawks, campeão da NFC.[6] Os Seahawks se tornavam o primeiro time desde os próprios Patriots em 2005 a aparecer dois anos seguidos no Super Bowl, sendo campeões vigentes no retorno. [7] Os Patriots acabaram vencendo o jogo por 28 a 24, com Tom Brady sendo nomeado o MVP ("Jogador Mais Valioso") da noite. Foi o quarto título do time de Massachusetts, todos sob o técnico Bill Belichick e a liderança de Brady, que com seu terceiro MVP igualou o recorde de Joe Montana.[8]

O show do intervalo ficou a cargo da cantora Katy Perry, acompanhada pelo músico Lenny Kravitz e pela rapper Missy Elliot.[9]

Referências

  1. «Total attendance for Super Bowl XLIX at 70,288». breakingnews.com. February 2, 2015. Consultado em February 3, 2015 
  2. Castillo, Michelle (January 7, 2015). «NBC Has Sold 95% of Super Bowl Ads and Says $4.5 Million Per :30 'Is a Steal'». Adweek. Consultado em January 27, 2015 
  3. Klemko, Robert (11 de outubro de 2011). «Arizona, not Tampa, will host Super Bowl XLIX in 2015». The Huddle. USA Today. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  4. «No rolling roof, no Super Bowl at Arrowhead». Associated Press. ESPN. May 25, 2006. Consultado em de junho de 2 
  5. Barron, David. «NFL extends broadcast agreements through 2022, generating billions». Houston Chronicle [S.l.: s.n.] Consultado em 19 de dezembro de 2011 
  6. «"Super Bowl matchup (XLIX)"»  Página acessada em 19 de janeiro de 2015.
  7. Super Bowl XLIX by the numbers: 2 in a row for Seahawks or 4 for Belichick and Brady?
  8. «"Brady quebra recordes, novato salva no final, e Patriots vencem Super Bowl"»  Página acessada em 2 de fevereiro de 2015.
  9. «"Lenny Kravitz joins Katy Perry for Super Bowl Halftime Show"»  Página acessada em 19 de janeiro de 2015.