Super Bowl XLIX

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O estádio University of Phoenix Stadium, onde o jogo aconteceu.

O Super Bowl XLIX foi a 49.ª edição do Super Bowl, evento que representa a grande final da National Football League (a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos) e aconteceu no dia 1 de fevereiro de 2015 no University of Phoenix Stadium, em Glendale, Arizona, tendo o New England Patriots como o campeão da temporada de 2014 da NFL.[1] A cidade-sede e o estádio foram anunciados em 2011. Inicialmente, a NFL pretendia mandar o jogo em Kansas City, mas os Chiefs desistiram após não conseguir as aprovações necessárias para renovar o Arrowhead Stadium.[2] Como parte do novo acordo de rede NFL, a rede de televisão NBC foi a emissora oficial do jogo.[3]

A partida foi disputada entre o New England Patriots, campeão da AFC, e o Seattle Seahawks, campeão da NFC.[4] Os Seahawks se tornavam o primeiro time desde os próprios Patriots em 2005 a aparecer dois anos seguidos no Super Bowl, sendo campeões vigentes no retorno. [5] Os Patriots acabaram vencendo o jogo por 28 a 24, com Tom Brady sendo nomeado o MVP ("Jogador Mais Valioso") da noite. Foi o quarto título do time de Massachusetts, todos sob o técnico Bill Belichick e a liderança de Brady, que com seu terceiro MVP igualou o recorde de Joe Montana.[6]

O show do intervalo ficou a cargo da cantora Katy Perry, acompanhada pelo músico Lenny Kravitz e pela rapper Missy Elliot.[7]

Resumo das pontuações[editar | editar código-fonte]

Jogada Pontuação
1.º Quarto
2.º Quarto
NE – touchdown de recepção de 11 jardas por Brandon LaFell em um passe de T. Brady (ponto extra bem sucedido, por Gostkowski), 4:10 NE 7–0
SEA – touchdown terrestre de Marshawn Lynch (ponto extra bem sucedido, por Hauschka), 2:16 7–7
NE – touchdown de recepção de 22 jardas por Rob Gronkowski em um passe de T. Brady (ponto extra bem sucedido, por Gostkowski), 1:15 NE 14–7
SEA – touchdown de recepção de 11 jardas por Chris Matthews em um passe de R. Wilson (ponto extra bem sucedido, por Hauschka), 0:02 14–14
3.º Quarto
SEA – Field goal de 27 jardas por Hauschka, 3:51 SEA 17–14
SEA – touchdown de recepção de 3 jardas por Doug Baldwin em um passe de R. Wilson (ponto extra bem sucedido, por Hauschka), 3:13 SEA 24–14
4.º Quarto
NE – touchdown de recepção de 4 jardas por Danny Amendola em um passe de T. Brady (ponto extra bem sucedido, por Gostkowski), 4:15 SEA 24–21
NE – touchdown de recepção de 3 jardas por Julian Edelman em um passe de T. Brady (ponto extra bem sucedido, por Gostkowski), 4:50 NE 24–28
Final: New England Patriots 28 x 24 Seattle Seahawks

Referências

  1. Klemko, Robert (11 de outubro de 2011). "Arizona, not Tampa, will host Super Bowl XLIX in 2015". The Huddle. USA Today. Consult. 5 de janeiro de 2012.  Ligação externa em |work= (Ajuda)
  2. "No rolling roof, no Super Bowl at Arrowhead". Associated Press. ESPN. May 25, 2006. Consult. June 2, 2011. 
  3. Barron, David. "NFL extends broadcast agreements through 2022, generating billions". Houston Chronicle [S.l.: s.n.] Consult. 19 de dezembro de 2011. 
  4. "Super Bowl matchup (XLIX)". Página acessada em 19 de janeiro de 2015.
  5. Super Bowl XLIX by the numbers: 2 in a row for Seahawks or 4 for Belichick and Brady?
  6. "Brady quebra recordes, novato salva no final, e Patriots vencem Super Bowl". Página acessada em 2 de fevereiro de 2015.
  7. "Lenny Kravitz joins Katy Perry for Super Bowl Halftime Show". Página acessada em 19 de janeiro de 2015.