Talega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Táliga)
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Talega

Táliga

 
—  Município  —
LocalizaciónTáliga.png
Bandeira de Talega
Bandeira
Brasão de armas de Talega
Brasão de armas
Talega está localizado em: Espanha
Talega
Localização de Talega na Espanha
Talega está localizado em: Estremadura (Espanha)
Talega
Localização de Táliga na Estremadura
Coordenadas 38° 31' 37" N 7° 0' 52" O
Província Badajoz
Distrito Évora
Área
 - Total 31 km²
Altitude 296 m
População (2016)
 - Total 708
    • Densidade 22,8 hab./km²
Táliga

Talega ou Nossa Senhora da Assunção de Talega[1] (em espanhol: Táliga) é um município da Espanha, na província de Badajoz, Estremadura (reclamado por Portugal, ver Questão de Olivença), de área 31 km². Em 2016 tinha 708 habitantes (densidade: 22,8 hab./km²)..

História[editar | editar código-fonte]

A fundação de Táliga remonta ao período medieval, sendo atribuída aos cavaleiros templários. Julga-se que os cavaleiros, que após a reconquista passaram a habitar o castelo de Alconchel, terão deslocado os habitantes mouros deste castelo para povoarem Táliga.

Em 1297, com o tratado de Alcanices, passa a integrar o reino de Portugal.

No início do século XVIII, possuía cerca de 100 habitantes e diversas herdades, tais como a de Alparragena, a de Valmoreno, a de Mentilhão e a de Monte da Vinha[1] .

Mapa de Portugal incluindo as vilas de Olivença e Talega.

Este município constituía até 1801 uma freguesia do termo de Olivença, com o nome de Nossa Senhora da Assunção de Talega ou Táliga (Nuestra Señora de la Asunción de Táliga em espanhol). Foi ocupada por Espanha em 1801.

Em 1850, consegue a segregação de Olivença e é constituída em concelho próprio. Tem cerca de 800 habitantes.

Património[editar | editar código-fonte]

A sua construção de maior relevo é a igreja paroquial da Assunção, coroando a atraente praça de configuração irregular que ocupa um dos extremos da povoação. A sua arquitectura revela os traços alentejanos que a distinguem na Estremadura.

O templo, de modestas proporções, de alvenaria caiada, cunhais de cantaria e torre de um só corpo e pouca altura que encaixa de forma não habitual na nave. Na zona superior da torre abrem-se campanários, rematados com um capitel. Na fachada apresenta portal oitocentista de desenho alentejano. No interior, uma nave única de cabeceira plana e abobado de aresta. Do lado da Epístola desenvolve-se um conjunto de capelas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
736 773 738 712

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Corographia portugueza e descripçam topographica do famoso Reyno de Portugal, Tomo II, Padre António Carvalho da Costa, 1708

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.