THQ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
THQ Inc.
Tipo Pública
Indústria Computadores e Jogos de vídeo
Fundação 1989
Encerramento 2013
Sede Agoura Hills, Califórnia, EUA
Pessoas-chave Brian J. Farrell,
Edward K. Zinser , CEO
Empregados 1.600
Produtos Software
Website oficial www.thq.com

THQ Inc. (Toy Headquarters, OTC Pink: THQIQ (2012-2013), NASDAQ: THQI (1991-2012)), foi uma publicadora e desenvolvedora de vídeo games. A empresa produziu jogos para todos os principais vídeo games do mercado, além de jogos para consoles portáteis, celulares e computador. A THQ desenvolveu jogos dos mais diversos gêneros, como puzzles, RPG, simulação, ação, esportes, estratégia, tiro, entre outros. A THQ criou, licenciou e adquiriu um grupo de marcas altamente reconhecidas. Decretou falência em 19/12/12[1]

A empresa possuía diversos títulos em desenvolvimento para a nova geração de consoles e computadores pessoais, como Frontlines: Fuel of War, Saints Row, Destroy All Humans!, Company of Heroes, entre outros. A maioria das franquias de jogos licenciada à empresa vinha de um grande e significativo relacionamento com empresas como Disney/Pixar, Nickelodeon e WWE.

Estúdios adquiridos[editar | editar código-fonte]

A THQ adquiriu grandes empresas especializadas em desenvolvimento de jogos, visando seu crescimento no mercado de jogos eletrônicos.

Principais estúdios da THQ:

  • Blue Tongue Entertainment
  • Concrete Games
  • Cranky Pants Games
  • Heavy Iron Studios
  • Helixe Games
  • Incinerator Studios
  • Juice Games
  • Kaos Studios
  • Locomotive Games
  • Mass Media
  • Paradigm Entertainment
  • Rainbow Studios
  • Relic Entertainment
  • THQ Studio Austrália
  • Vigil Games
  • Volition, Inc.

Falência[editar | editar código-fonte]

Após resultados insatisfatórios nos últimos anos, a THQ anunciou sua falência. A maioria de suas franquias foram compradas por outras empresas do ramo. Abaixo segue as empresas que adquiriram algumas franquias da THQ:

A SEGA comprou a desenvolvedora Relic Entertainment, desenvolvedora de Company of Heroes e Warhammer 40,000: Dawn of War.

A Koch Media(distribuidora de Dead Island) concordou em comprar Saints Row desenvolvido pela Volition, e os direitos de publicação da série Metro.

A Crytek, que atualmente desenvolve Homefront 2, adquiriu os direitos da série Homefront. A Take-Two dona da 2K Games e Rockstar, comprou o projeto de codinome Evolve.

A Ubisoft comprou os direitos de publicação de South Park: The Stick of Truth, e a THQ Montreal.

Certos estúdios como a Vigil, de Darksiders, não conseguiram compradores. Nota: A Crytek anunciou que contratou cerca de 35 produtores do estúdio Vigil Games.

Recentemente foi anunciado que a Nordic Games, produtora pouco conhecida, comprou vários títulos da THQ, inclusive Darksiders

No dia 27 de Fevereiro de 2013, a THQ anunciou que suas franquias que não foram vendidas para outras produtoras terão uma segunda chance para serem adquiridas. A venda se iniciaria no próximo dia 1º de Abril e se encerraria no dia 15 de Abril. Entre as franquias citadas, a Nordic Games adquiriu títulos como Darksiders, Red Faction, Destroy All Humans!, MX x ATV, e franquias licenciadas como Worms e Supreme Commander.[2] E a GearBox software adquiriu a série Homeworld e a ultima produtora 505 Games adquiriu Drawn to Life.

Principais jogos e franquias[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. http://games.terra.com.br/thq-anuncia-falencia-para-vender-ativos-em-leilao,21834ed29c4bb310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html
  2. http://zeegamers.com.br/thq-vendera-o-resto-das-suas-franquias/