Tehuelches

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tehuelches
Urville-Patagonians.jpg
acampamento tehuelche (1838)
População total

27.813 (censo de 2010)[1]

Regiões com população significativa
Argentina
Línguas
Mapudungun, espanhol
Religiões
Animismo (originalmente)
Grupos étnicos relacionados
Aush, Mapuches, Selknam, Teushen

Os tehuelches, também chamados de patagões ou patagônios (do mapudungun chewelche, "gente bravia", ou do nome teushen mais a palavra mapuche che, "gente, povo") é um grupo de etnias ameríndias da Patagônia.

A história dos povos tehuelche percorre mais de 9 mil anos. Sua história pré-colombiana é dividido em três etapas principais: a época com uso de grandes ferramentas de pedra, uma fase onde o uso de bolas prevaleceu sobre os projéteis, e uma terceira fase com ferramentas de rochas, altamente complexas, cada uma com uma finalidade específica. No entanto, o estilo de vida nômade de tehuelches deixou evidências arqueológicas escassa de seu passado. É possível que as histórias dos primeiros exploradores europeus sobre os patagões, uma raça de gigantes na América do Sul, fossem baseados nos tehuelches, porque o tehuelches são normalmente muito altos. A primeira menção a essas pessoas veio da viagem de Fernão de Magalhães e sua tripulação, que alegou tê-los visto ao explorar a costa da América do Sul a caminho de sua circum-navegação do mundo em 1520. Antonio Pigafetta, um dos os poucos sobreviventes da expedição e o cronista da expedição de Magalhães, escreveu em seu relato sobre seu encontro com os nativos o dobro da altura de uma pessoa normal:

Em 1766, um boato vazou ao retornar à Grã-Bretanha que a tripulação do HMS Dolphin, capitaneada por Comodoro John Byron, tinha visto uma tribo de 9 pés de altura (2,74 m), nativos da Patagônia, quando passaram por lá em sua circum-navegação do globo. No entanto, quando uma recém-editada revisão dessa viagem saiu em 1773, o patagônios foram registrados como sendo 6 pés (1,83 m) de altura, sendo que a estatura média de um europeu na época era de 1,68 m.

Referências

  1. Instituto Nacional de Estadística y Censos (2010). «Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas 2010» (pdf) (em espanhol). indec.gob.ar. Consultado em 6 de setembro de 2021 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.