The Hub (Agents of S.H.I.E.L.D.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"The Hub"
"A Central" (BR)
7.º episódio da 1.ª temporada de Agents of S.H.I.E.L.D.
Informação geral
Escrito por Rafe Judkins
Lauren LeFranc
Produzido por Jed Whedon
Maurissa Tancharoen
Jeffrey Bell
Direção de fotografia Feliks Parnell
Edição Paul Trejo
Duração 44 minutos
Transmissão original 12 de novembro de 2013
Convidados
Cronologia
"FZZT"
"The Well"
Lista de episódios de Agents of S.H.I.E.L.D.

"The Hub" ("A Central", no Brasil) é o sétimo episódio da primeira temporada da série de televisão norte-americana Agents of S.H.I.E.L.D., baseada na organização S.H.I.E.L.D. (Superintendência Humana de Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão, sigla em português) criada pela Marvel Comics. O episódio gira em torno do personagem de Phil Coulson e sua equipe de agentes da S.H.I.E.L.D. que trabalham em parceria com a "Grande S.H.I.E.L.D." para tirarem uma nova e perigosa arma de dentro dela. Está situado no Universo Cinematográfico Marvel (UCM), compartilhando a continuidade com os filmes e as demais séries de televisão da franquia. O episódio foi escrito por Rafe Judkins e Lauren LeFranc, e dirigido por Bobby Roth.

Clark Gregg reprisa seu papel como Coulson da série de filmes e é acompanhado pelo elenco regular da série, composto por Ming-Na Wen, Brett Dalton, Chloe Bennet, Iain De Caestecker e Elizabeth Henstridge. Maximiliano Hernández faz uma participação convidada como o agente Jasper Sitwell, reprisando seu papel dos filmes, enquanto a atriz Saffron Burrows é apresentada como a agente de alto escalão da S.H.I.E..D. Victoria Hand. O episódio explora a dinâmica entre a equipe de Coulson e a maior organização da S.H.I.E.L.D. (referida como "Grande S.H.I.E.L.D." pelos produtores); A "Grande S.H.I.E.L.D." recebeu seu próprio tema musical no episódio, para separá-lo do tema da equipe principal.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Os agentes Phil Coulson, Melinda May e Grant Ward prendem um agente secreto de uma base hostil, e acabam recebendo informações de Nível 8 da inteligência da S.H.I.E.L.D.. A estagiária Skye fica frustrada quando Coulson se recusa a dizer para a equipe qual é a informação, com base no nível de apuramento. Na Central, uma extensa instalação da S.H.I.E.L.D. administrada pela agente Victoria Hand, é revelado que um grupo separatista da Ossétia do Sul construiu uma arma conhecida como dispositivo Overkill, que utiliza vibrações sônicas capazes de ativar outras armas a grandes distâncias. Ward, um especialista em campo e o agente Leo Fitz, um especialista em armamentos tecnológicos, recebem a tarefa de encontrar e desativar o dispositivo dentro do período de 24 horas, antes que os separatistas o utilizem para declarar independência da Rússia e da Geórgia.

Nas Montanhas do Cáucaso, Ward descobre que seu contato de uma missão anterior está morto, mas Fitz usa sua tecnologia e conhecimento de engenharia para ganhar o apoio dos moradores locais, que os contrabandeiam através de uma fronteira em disputa. Enquanto isso na Central, Skye está determinada a descobrir o status da missão de Fitz e Ward, apesar de ainda estar restringida de utilizar qualquer aparelho tecnológico. Ela descobre que não existe planos para a extração de Fitz e Ward, porém quando ela confronta Coulson, ele diz para ela confiar no sistema. Então, Coulson resolve enfrentar a agente Hand, questionando-a pelo fato de não sido completamente notificado sobre a missão. Victoria pede que ele confie no sistema. Fitz e Ward se infiltram em uma base separatista e encontram o dispositivo, mesmo Ward percebendo que não há equipe de extração, eles prosseguem com a missão. Fitz desativa o dispositivo Overkill e então eles tentam escapar. O restante da equipe chega para resgatá-los, com Coulson desobedecendo as ordens por salvá-los.

Coulson revela para Skye que ele havia encontrado um documento que ela estava procurando para saber mais sobre sua história e lhe diz que o arquivo contém informações sobre um agente da S.H.I.E.L.D. que deixou-a em um orfanato quando era bebê. Mais tarde, May concorda em ajudar Coulson a encontrar mais informações sobre o agente da S.H.I.E.L.D. em questão, que havia sido assassinado. Em uma cena final, Coulson tem acesso negado ao seu próprio arquivo de morte e recuperação.

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento e roteiro[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2013, a Marvel revelou que o título do sétimo episódio seria "The Hub", sendo escrito por Rafe Judkins e Lauren LeFranc, e dirigido por Bobby Roth.[1] Originalmente intitulado "The Sandwich Incident", "The Hub" foi o oitavo episódio produzido.[2] O produtor executivo Jed Whedon discutiu as intenções do roteiro de expandir sua representação de S.H.I.E.L.D. com o episódio, dizendo: "Estamos tentando concretizar o mundo da S.H.I.E.L.D. com os personagens estabelecidos e os personagens que estamos introduzindo para construir a maior organização em operação". Isso inclui a introdução da agente de alto escalão da S.H.I.E.L.D., Victoria Hand, que mente para Coulson no episódio. A produtora executiva Maurissa Tancharoen declarou que isso era "uma coisa muito significativa ... para ele lidar com Victoria Hand mentindo para ele e encarando o fato de que a organização que ele está dedicando sua vida mente na sua cara sobre as pessoas dentro da sua equipe .. Isso é significativo em seu caminho."[3]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2013, a Marvel revelou que os principais membros do elenco Clark Gregg, Ming-Na Wen, Brett Dalton, Chloe Bennet, Iain De Caestecker e Elizabeth Henstridge voltariam a estrelar respectivamente como Phil Coulson, Melinda May, Grant Ward, Skye, Leo Fitz e Jemma. Simmons.[1] Também foi anunciado que Maximiliano Hernández reprisaria seu papel de Jasper Sitwell dos filmes do Universo Cinematográfico Marvel Thor e Marvel's The Avengers,[4] e também dos curta-metragens The Consultant e Item 47,[5] no episódio.[1] Além disso, o elenco convidado do episódio inclui Charles Halford como agente Shaw, Alison White como Marta e Ilia Volok como Vladimi.[1] Halford não foi creditado pela participação convidada no episódio. Em novembro, Victoria Hand também foi anunciada como participação convidada, sendo estrelada por Saffron Burrows.[6]

Música[editar | editar código-fonte]

Para destacar as diferenças entre a pequena equipe da S.H.I.E.L.D. de Coulson e a maior organização da S.H.I.E.L.D., representada neste episódio por Victoria Hand e a base conhecida como Central, o compositor Bear McCreary introduziu um tema musical para a "Grande S.H.I.E.L.D." que pretende passar a sensação de algo "imponente e novo". Para as principais cenas do episódio quando Skye desconfia do "sistema" e toma as coisas em suas próprias mãos, McCreary usou seu próprio tema pessoal de forma pulsante e turbulenta, justaposto ao mesmo tema em "uma variação quente... cheia de emoção" para quando Skye discute com Coulson a respeito de seus pais.[7]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

"The Hub" foi exibido originalmente nos Estados Unidos pela rede ABC em 12 de novembro de 2013.[8] A transmissão americana ocorreu simultaneamente com a do Canadá pela CTV,[9] enquanto a primeira exibição do episódio no Reino Unido aconteceu pelo Channel 4 em 15 de novembro de 2013.[10] Na Austrália, o episódio estreou pela Seven Network em 13 de novembro de 2013.[11]

Home media[editar | editar código-fonte]

O episódio, juntamente com os demais da primeira temporada de Agents of S.H.I.E.L.D., foi lançado em DVD e Blu-ray em 9 de setembro de 2014. Os recursos de bônus incluem vídeos especiais gravados nos bastidores, comentários de áudio, cenas excluídas entre outros.[12] O conteúdo foi lançado na Região 2 em 20 de outubro[13] e na Região 4 em 11 de novembro de 2014.[14] Em 20 de novembro de 2014, o episódio ficou disponível para transmissão no Netflix.[15]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

Oliver Sava e David Sims do The A.V. Club avaliaram o episódio com um 'B-'. Sava descreveu o episódio como "um saco misto", listando suas novas combinações de personagens e a exploração da "natureza duplicada da S.H.I.E.L.D." como aspectos positivos, mas também disse que "os aspectos negativos continuam impedindo que a série vá além de uma série de ação-aventura de meio-da-estrada." Sims achou que a série estava mostrando potencial, mas não sabia o que era necessário para levá-la no ponto em que ele poderia "recomendar este show a qualquer um além de um fã da Marvel."[16] Eric Goldman, escrevendo para a IGN, avaliou o episódio com 7.7 de 10, elogiando a construção do mundo e o desenvolvimento do personagem do Fitz, mas criticando a forma como os protagonistas se esquivaram das consequências no final do episódio.[17] Marc Buxton do Den of Geek deu 3 estrelas de 5 para o episódio, elogiando o desenvolvimento e a introdução dos personagens de Hand e Sitwell dos quadrinhos, mas também criticando a falta de um vilão verdadeiro, tanto para o episódio como para a série em geral.[18]

Dave Bradley da SFX também avaliou o episódio com 3 estrelas de 5, sentindo que o enredo era "bastante esquecível", mas que ficou satisfeito com o desenvolvimento das sub-histórias abrangentes.[19] Bob Chipman, escrevendo para a Escapist Magazine, achou que o foco do episódio nas relações entre Ward e Fitz, e Skye e Simmons, foi decepcionante, já que "os pares não são realmente tão interessantes". Ele gostou do foco do episódio na construção da falta de confiança entre a equipe principal e a maior organização da S.H.I.E.L.D. e disse que a série estava melhorando de forma retroativa em relação aos episódios anteriores.[20] Kaitlin Thomas da TV.com sentiu que o episódio era um "um bom — mas não necessariamente ótimo — episódio que atuava principalmente como uma autêntica parcela humorística e destinada a mudar alguns pares de personagens." Ela elogiou especificamente o desenvolvimento do personagem do Fitz, mas criticou a falta de tensão, comparando negativamente as apostas do episódio com as de "FZZT".[21] Jim Steranko, conhecido pelo seu trabalho em Nick Fury, Agent of S.H.I.E.L.D., criticou a falta de foco da série, sentindo que, neste momento, estava encaminhando-se para "uma infinidade de direções que carecem de unidade conceitual". Ele chamou o resultado de "agitado e insatisfatório na melhor das hipóteses, absolutamente irritante no pior."[22]

Referências

  1. a b c d «WebCite query result». www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  2. «Listings | TheFutonCritic.com - The Web's Best Television Resource». www.thefutoncritic.com. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  3. «Agents of S.H.I.E.L.D.: Thor Might Not Be The Only Crossover». TVGuide.com (em inglês). 18 de novembro de 2013 
  4. Patten, Dominic (21 de março de 2013). «Movie Castings: Seth Rogen Scores 'The Interview', 'Endless Love' Remake Gets Leads & 'Winter Soldier' Sees Agent Return». Deadline (em inglês) 
  5. White, Cindy (29 de agosto de 2011). «First Impression: Thor 3D Blu-ray Special Features». IGN (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  6. «WebCite query result». www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  7. «Bear McCreary – Official site». www.bearmccreary.com (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  8. «Tuesday Final Ratings: 'NCIS', 'Supernatural' & 'The Mindy Project' Adjusted Up; 'The Biggest Loser' Adjusted Down». TV By The Numbers. 13 de novembro de 2013. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  9. «WebCite query result» (PDF). www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  10. «Weekly top 30 programmes | BARB». www.barb.co.uk (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  11. «Timeshifted: Wednesday 13 November 2013». TV Tonight (em inglês). 21 de novembro de 2013 
  12. Fowler, Matt (30 de maio de 2014). «Marvel's Agents of SHIELD Blu-ray and DVD Details». IGN (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  13. Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. - Season 1 (em inglês), ABC Studios, 20 de outubro de 2014, consultado em 17 de janeiro de 2018 
  14. «WebCite query result». www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  15. O'Keefe, Meghan (11 de novembro de 2014). «Exclusive: 'Marvel's Agents Of S.H.I.E.L.D.' Is Coming To Netflix November 20!». Decider (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  16. Sims, David (12 de novembro de 2013). «Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.: "The Hub"». TV Club (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  17. Goldman, Eric (13 de novembro de 2013). «Marvel's Agents of SHIELD: "The Hub" Review». IGN (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  18. «Agents of SHIELD: The Hub, Review». Den of Geek (em inglês) 
  19. «WebCite query result». www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  20. «Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. Review - Episode 7: The Hub». The Escapist 
  21. TV.com. «Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. The Hub Review: Knowledge Is Power». TV.com 
  22. «Jim Steranko on 'Agents of SHIELD': Does Anyone Know Where This Show Is Going?». The Hollywood Reporter (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]