The Umbrella Academy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Umbrella Academy
The Umbrella Academy cover.jpg
Arte Promocional
País de origem  Estados Unidos
Língua de origem Inglês
Editora(s) Dark Horse Comics
Periodicidade Mensal
Formato de publicação Minisérie
Lançada em 19 de setembro de 2007
Edições 15 (12 mais 3 mini-histórias)
Género(s) Super-herói
Autor(es) Gerard Way
Letrista(s) Jason Hvam
Nate Piekos
Personagens principais Sir Reginald Hargreeves
Spaceboy
Kraken
Rumor
Séance
The Boy
Horror
Violino Branco
Editora(s) lusófona(s) Devir
ISBN 978-8575326176

The Umbrella Academy é uma obra vencedora do Eisner Award de "Melhor Minissérie" em 2008. Escrita por Gerard Way e ilustrada por Gabriel Bá, a série acompanha um grupo de seis crianças dotadas de super-poderes, que foram adotadas por um milionário e criadas como super-heróis.[1][2] A série já teve dois volumes lançados pela Dark Horse, e o escritor manifestou a intenção de escrever pelo menos mais dois volumes.[3]

No Brasil, foi lançado pela editora Devir,[3] além de estar disponível na plataforma de streaming Social Comics.[4]

História Principal[editar | editar código-fonte]

The Umbrella Academy se passa em um universo alternativo onde o Presidente Kennedy não foi assassinado. A equipe principal é descrita como uma "família disfuncional de super-heróis" (semelhante ao Quarteto Fantástico). Em meados do século XX, em um inexplicável evento, quarenta e três crianças foram geradas espontaneamente por mulheres que não apresentavam sinais de gravidez. Das quais sete são adotadas por Sir. Reginald Hargreeves a.k.a "O Monóculo", um alienígena mascarado de empresário, que pretende treina-las para salvar o mundo de ameças desconhecidas. Na edição "Suite do Apocalipse", a equipe se separa por um tempo até terem noticias sobre a morte de Hargreeves, e em sequencia eles reformam a equipe após um deles se tornar um super-vilão.

Personagens[editar | editar código-fonte]

A academia é liderada por "O Monóculo" (Sir Reginald Hargreeves), um alienígena disfarçado como um empresário milionário e cientista de renome mundialmente. Ele adotou os membros da Umbrella Academy no nascimento que inclui Spaceboy (Luther Hargreeves), Kraken (Diego Hargreeves), Rumor (Allison Hargreeves), Séance (Klaus Hargreeves), Número Cinco (The Boy), Horror (Ben Hargreeves), e Violino Branco (Vanya Hargreeves).

Histórias[editar | editar código-fonte]

Volume 1: A Suite do Apocalipse[editar | editar código-fonte]

Volume 2: Dallas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Umbrella Academy: Dallas

Volume 3: Hotel Oblivion[editar | editar código-fonte]

Em 2009 na San Diego Comic-Con, Gerard Way anunciou o terceiro volume seria intitulado de The Umbrella Academy: Hotel Oblivion.[5]Rumores dizem que esse pode ser o retorno do Dr. Terminal, como referenciado pelo Spaceboy na frase "ninguém pode escapar do Hotel" na edição #3 da Suite do Apocalipse. A Dark Horse havia anunciado que Hotel Oblivion poederia ser lançado em 2010,[6] mas isso não aconteceu.

Em 2017, durante o painel da Dark Horse na San Diego Comic-Con, foi confirmada a sequência intitulada Hotel Oblivion, para lançamento em 2018, contando com a mesma equipe criativa.[7]

Curtas[editar | editar código-fonte]

O primeiro conto foi lançado em 2 de Novembro, 2016 no site da Dark Horse Comics. O a primeira história impressa "...But the Past Ain’t Through With You." foi lançada em 2007 no Free Comic Book Day. Outra história, "Safe & Sound", foi publicada em Julho de 2007 online no Myspace pelo DH Presents.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Uma versão para o cinema de The Umbrella Academy foi pedida pela Universal Studios. Que tinha como roteirista, Mark Bomback, porém em 2010 foi anunciado sua substituição por Rawson Marshall Thurber que estava reescrevendo o roteiro.[8]

Desde então na mais do filme foi falado ou data de lançamento definida. Em meados de 2012, em uma entrevista no Ny Comic-Con para o Newsrama, Way disse que eles estavam tendo "boas idéias" e um "script muito bom", mas que não era "pouco do universo". There has been little talk of the film since, and no release date has been set. Recently, in an interview with Newsarama at the 2012 New York Comic Con, Way mentioned that there have been "good talks" and a "really good script", but that it was "kind of up to the universe".[9]

Netflix[editar | editar código-fonte]

Em julho, a Netflix anunciou uma série de TV adaptando a obra. A série terá Gerard Way como produtor e tem lançamento previsto para 2018.[4]


Referências

  1. Érico Assis (26 de julho de 2008). «Eisner Awards 2008». Omelete. Consultado em 11 de abril de 2015 
  2. Érico Assis (7 de fevereiro de 2008). «Lá Fora». Omelete. Consultado em 11 de abril de 2015 
  3. a b Naliato, Samir (14 de dezembro de 2015). «Gerard Way confirma mais dois volumes para The Umbrella Academy». Universo HQ. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  4. a b Hessel, Marcelo (11 de julho de 2017). «Umbrella Academy | Série de TV é oficializada pela Netflix - veja o primeiro pôster». Omelete. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  5. [1], Comic Book Resources, July 23, 2009
  6. «Hotel Oblivion Trailer» 
  7. Gomes, Fábio de Souza (21 de julho de 2017). «Umbrella Academy tem sequência confirmada para 2018». Omelete. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  8. «História em quadrinhos desenhada por brasileiro ganhará filme». Jornal do Brasil. Consultado em 15 de Novembro de 2017 
  9. ["newsarama.com" "newsarama.com"] Verifique valor |url= (ajuda)  Em falta ou vazio |título= (ajuda)


Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.