Tiago Bettencourt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tiago Bettencourt
Tiago Bettencourt em 2016
Informação geral
Nome completo Tiago de Albergaria Pinheiro Goulart de Bettencourt
Nascimento 16 de setembro de 1979 (37 anos)
Local de nascimento Santa Cruz, Coimbra
 Portugal
Ocupação(ões) cantor
compositor
Afiliação(ões) Toranja

Tiago de Albergaria Pinheiro Goulart de Bettencourt (Coimbra, Santa Cruz, 16 de Setembro de 1979), é um cantor e compositor português.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Tiago Bettencourt nasceu em Coimbra e, mais tarde, mudou-se para Lisboa. Seu pai, João Amândio Teixeira Goulart de Bettencourt (Velas, Velas, 28 de Dezembro de 1945), nasceu na Ilha de São Jorge, Açores, e é Advogado; sua mãe, Maria José de Vasconcelos de Albergaria Pinheiro (Coimbra, Santo António dos Olivais, 19 de Setembro de 1943), foi professora de Português na Escola Salesiana do Estoril.[1] e é irmã da 3.ª Viscondessa de Degracias.[2] Frequentou com seu irmão João Maria de Albergaria Pinheiro Goulart de Bettencourt (Coimbra, Santa Cruz, 3 de Abril de 1978) o Colégio D. Luísa Sigea no Estoril.[1]

Toranja[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Toranja

Bettencourt foi o vocalista da banda Toranja.[3] Em 2003, eles lançaram seu álbum de estréia Esquissos, [4] que vendeu mais de 60.000 cópias. [5] No entanto, a banda anunciou um hiato indefinido em 2006. [6]

Tiago Bettencourt & Mantha[editar | editar código-fonte]

Depois de Toranja, Bettencourt deixou Portugal para o Canadá para gravar seu primeiro álbum solo nos estúdios Hotel2Tango em Montreal, o mesmo estúdio que produziu o bem-sucedido álbum Funeral por Arcade Fire. O produtor foi Howard Bilerman. No Canadá, ele já trabalhou em conjunto com a sua banda de apoio, Mantha, composto por Pedro Gonçalves e João Lencastre. [6] O resultado das sessões de gravação foi lançado como O Jardim ('The Garden', em Português), em 2007. A canção Canção Simples foi um grande sucesso. O seu segundo álbum, Em Fuga, foi lançado em 2010, e seguido por Tiago Na Toca & Os Poetas em 2011 e Acústico em 2012. O último álbum composto por 15 faixas e contém versões de suas músicas anteriores, realizados em conjunto com convidados como: Concerto Moderno, Lura, e Jorge Palma. [6] [7]

Em 2014, Do Principio, último álbum foi lançado até o momento, composto por 12 músicas, [8] incluindo "Aquilo Que Eu Não Fiz", uma canção com uma forte mensagem política. [9] [10] O cantor apresentou o álbum em diversos concertos por Portugal, [11] recentemente atuou no Coliseu do Porto.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • O Jardim (2007)
  • Em Fuga (2010)
  • Tiago Na Toca & Os Poetas (2011)
  • Acústico (2012)
  • Do Princípio (2014)

Referências