Times of Grace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) pelo álbum homônimo, veja Times of Grace (álbum).
Times of grace logo.png
a banda se apresentando.
Informação geral
Origem Massachusetts
País  Estados Unidos
Gênero(s) Metalcore melódico
Heavy metal
Post-hardcore
Post-rock
Período em atividade 2010-atualmente
Gravadora(s) Roadrunner Records
Integrantes Jesse Leach
Adam Dutkiewicz

Times of Grace (ou também ToG) é um projeto paralelo formado por Adam Dutkiewicz (membro do Killswitch Engage) e Jesse Leach (membro do Killswitch Engage)[1] e em 18 de Janeiro de 2011 lançaram seu primeiro álbum batizado de The Hymn Of A Broken Man, o primeiro single do álbum saiu dia 15 de Outubro (A faixa Strength In Numbers), o álbum contem 13 faixas. [2]

História[editar | editar código-fonte]

Origem do Projeto (2007-2010)[editar | editar código-fonte]

O início do projeto dos dois artistas começou por volta de 2007. Durante a turnê do grupo Killswitch Engage em Warped, Tour em que Adam Dutkiewicz sofreu uma lesão nas costas e foi levado ao hospital.[3] Enquanto na cama, ele começou a fazer música - compondo riffs com a guitarra deitado sobre seu estômago. Ele mencionou mais tarde em uma entrevista:

"Eu tinha guardado na cabeça o álbum todo. Até então eu achava que eu não andaria mais, e essas gravações que estão em um piscar de olhos, você poderá entender todas as mensagens que as músicas passam. Eles falam também sobre como foi tão rápido em tão pouco tempo a produção desse álbum, e que as pessoas deveriam parar e lembrar o lado positivo da vida nos momentos de dúvida."

Sobre o Álbum The Hymn of a Broken Man (2010-2011)[editar | editar código-fonte]

Em termos de material musical é bastante estranho "metal, e algumas baladas, estilo as musicas da banda Neurosis" (Curiosamente, o mesmo nome do projeto de Dutkiewicz e Leach - "Times Of Grace" - é o nome de um álbum da banda Neurosis , lançado em 1999). Em seguida, usando uma câmera Dutkiewicz gravou uma demo e enviou uma cópia para Jesse Leach (Que na época estava indo em turnê com sua banda Seemless).[4] O cantor disse depois:

"O Material que eu ouvi me mudou completamente. Eram os trechos de música mais incomuns que já ouvi. Imediatamente comecei a escrever letras para ele e terminei a turnê. Quando voltei , ele registrou a demo e disse (Adam): " Este é um álbum de nossa carreira. Queríamos criar uma estrutura metálica do Abbey Road (Álbum dos The Beatles do ano 1969). (...) Nós decidimos que temos a intenção de criar uma obra completa, E nós fizemos isso. (...) Eu tenho que admitir que este não é o nosso último álbum. Agora nós estamos falando de criar algo diferente. Durante anos, nós estamos falando sobre fazer álbuns dream pop no estilo dos primeiros do Radiohead. (Ambos ouvem brit pop como The Verve ou no início de Coldplay) Então, podemos fazer algo parecido com isto... embora em nosso próprio estilo, A ideia seria uma versão estilo Metalcore do Radiohead. Adam e eu somos almas gêmeas musicais, e que não será a última coisa que as pessoas ouvem de nós."

Estréia (2011-atualmente)[editar | editar código-fonte]

17 de agosto de 2010 foi anunciado que a estréia dos dois músicos, intitulado The Hymn Of A Broken Man, Seria lançado 9 de novembro de 2010 pela gravadora Roadrunner Records, mas recentemente mudaram a data da estréia para o dia 18 de Janeiro de 2011. Dutkiewicz e Leach, que obtiveram sucesso no álbum em 2002, Alive or Just Breathing (Com o Killswitch Engage), Admitiram que não criariam uma continuidade no estilo do álbum. Em suas próprias palavras disseram "Este álbum é limpo e purificado para cada um de vocês, que foram exorcizados por demônios musicais. O álbum contém uma mistura de agressividade e melodia". The Hymn of a Broken Man estreou em #44 no Billboard 200 e vendeu um pouco mais de 10,000 unidades na semana de estréia. [5]

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros de Turnê:

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Strength In Numbers[6]

Clipes[editar | editar código-fonte]

  • Strength In Numbers[7]
  • Live In Love[8]

Referências

  1. «Times Of Grace». bandsonfire.com. Consultado em 23 de agosto de 2010 
  2. «The Hymn of a Broken Man». blabbermouth.net  Texto "autor" ignorado (ajuda); Texto "data" ignorado (ajuda)
  3. «Origem do projeto». musicradar.com 
  4. «Adam D. recruta Jesse Leach para o projeto». kerrang.com 
  5. «The Hymn of a Broken Man no Billboard 200». blabbermouth.net 
  6. «Novo single strength in numbers». itunes.apple.com 
  7. «Videoclipe da Strength in Numbers». blabbermouth.net 
  8. «novo Videoclipe do Times of Grace, Live in Love». guitarworld.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.