Tobias Mayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tobias Mayer
Cartógrafo
Tobias Mayer (gravura de Conrad Westermayr)
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 17 de fevereiro de 1723
Local Marbach am Neckar
Morte 20 de fevereiro de 1762 (39 anos)
Local Göttingen
Atividade
Campo(s) Cartógrafo

Tobias Mayer (também Majer[1] ; Marbach am Neckar, 17 de fevereiro de 1723Göttingen, 20 de fevereiro de 1762) foi um astrônomo, geógrafo, cartógrafo, matemático e físico alemão.

Embora como autodidata nunca tenha frequentado uma universidade, foi um renomado cientista de seu tempo.

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Mayer cresceu pobre em Esslingen am Neckar. De 1729 a 1741 frequentou a escola alemã local e o Georgii-Gymnasium Esslingen. Após a morte de seu pai em 1731 obteve alojamento em um orfanato. Sua mãe morreu em 1737. Em 1741 ele publicou seu primeiro livro sobre geometria e matemática e um mapa de Esslingen, em 1745 o „Mathematischer Atlas“ e um livro sobre arquitetura militar. Quando ele iniciou a trabalhar com o cartógrafo Johann Baptist Homann em 1746 em Nürnberg, já tinha publicado duas obras originais sobre geometria. Mayer descobriu imprecisões nos mapas então usados, comparando dois mapas e verificando grandes diferenças entre eles, principalmente na direção leste-oeste. A determinação da longitude de uma cidade era na época determinada com grande incerteza.

Em 1751 casou com Maria Victoria, nascida Gnüg (1723–1780), e no ano seguinte nasceu seu filho Johann Tobias Mayer, que depois também foi um físico. O pai e citado em alguns textos erroneamente como Johann Tobias Mayer. De acordo com o registro de batismo e publicações originais seu prenome é apenas Tobias.

Por causa de suas melhorias na área da cartografia e com base em sua reputação como cientista, em 1751 ele foi nomeado para a cadeira de economia e matemática da Universidade de Göttingen. Entre 1752 e 1756 ele publicou artigos sobre determinação de longitudes, astronomia, geofísica, matemática e instrumentos de medição. Nos anos 1757 a 1762, apesar da Guerra dos Sete Anos, ele publicou mais artigos sobre astronomia, e também sobre o campo magnético terrestre e a teoria das cores.

Em 1754 foi diretor do recém criado Observatório de Göttingen, instalado numa torre do muro da cidade. Lá ele trabalhou com grande entusiasmo e sucesso, até morrer em 1762 vitimado por tifo.

O primeiro Observatório de Göttingen

Realizações científicas[editar | editar código-fonte]

Astronomia[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro trabalho astronômico de destaque foi um estudo cuidadoso da libração da lua (Kosmographische Nachrichten, Nürnberg 1750). Seu mapa lunar, publicado postumamente por Georg Christoph Lichtenberg, permaneceu insuperável durante mais de meio século. Tornou-se famoso principalmente por suas tabelas lunares, publicadas a primeira vez em 1752. Em 1755 submeteu ao governo britânico uma versão ampliada destas tabelas. Elas eram tão precisas que a posição da lua podia ser determinada com exatidão de 5 segundos de arco e portanto a longitude em alto mar determinada com precisão de 0,5°.

Desta forma foi encontrada uma solução para o problema da longitude, que até este momento tinha impedido a navegação segura em alto mar. Uma outra solução para o mesmo problema foi desenvolvida na mesma época pelo relojoeiro inglês John Harrison: era baseada na cronometragem mediante relógios recentemente desenvolvidos, que também sob difíceis condições a bordo de veleiros em alto mar funcionavam com precisão suficiente.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de de:Tobias Mayer. Ajude e colabore com a tradução.


Museu[editar | editar código-fonte]

Casa onde Tobias Mayer nasceu, em Marbach am Neckar

A casa em que Tobias Mayer nasceu abriga desde 1996 o Tobias-Mayer-Museum. Localiza-se perto da casa em que Friedrich Schiller nasceu, na Torgasse 13 em Marbach am Neckar. O museu foi fundado e é mantido pela Tobias Mayer Museum Verein.

Referências

  1. Na Allgemeine Deutsche Biographie (ADB) seu nome completo é expresso por Johann Tobias Mayer.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Peter Aufgebauer: Die Anfänge der Sternkunde in Göttingen. In: Göttinger Jahrbuch Band 50 (2002) S. 75–92
  • Bernd Feicke: Tobias Mayer. Em: Biographisch-Bibliographisches Kirchenlexikon (BBKL).
  • Eric G. Forbes: Tobias Mayer (1723–62). Pioneer of enlighted science in Germany. Göttingen 1980. (Arbeiten aus der Niedersächsischen Staats- und Universitätsbibliothek Göttingen Band 17)
  • Peter H. Meurer: Hintergründe und Analysen zu Tobias Mayers «Kritischer Karte von Deutschland». In: Cartographica Helvetica Heft 12 (1995) S. 19–26 Volltext
  • Erwin Roth u.a.: Tobias Mayer. Pionier der Positionsbestimmung. Wegbereiter der modernen Navigationssysteme. Marbach 1995
  • Steven Wepster: Between theory and observation. Tobias Mayer´s explorations of lunar motion 1751-1755, Springer Verlag, 2010, Sources and studies in the history of mathematics and the physical sciences

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.