Tom Lehrer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tom Lehrer
Nascimento 9 de abril de 1928 (90 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Etnia judeus americanos
Alma mater Universidade Harvard, Horace Mann School
Ocupação cantautor, pianista, matemático, cantor, professor universitário, letrista
Empregador Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Wellesley College, Universidade da Califórnia em Santa Cruz
Religião ateísmo

Thomas Andrew Lehrer (9 de abril de 1928) é um norte-americano que notabilizou-se nos anos 1950 e 1960 por sua vida dupla de cantor-compositor e, ao mesmo tempo, como professor e pesquisador nas principais instituições acadêmicas americanas, incluindo o Instituto de Tecnologia de Massachusetts e a Universidade da Califórnia em Santa Cruz.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gênio prodígio, Lehrer formou-se matemático na Universidade de Harvard aos 18 anos, em 1947. Em seguida, trabalhou em lugares como o MIT e o laboratório nuclear de Los Alamos. Mas foi como professor que se firmou na vida acadêmica.

Paralelamente, seus dons como pianista e humorista o levaram gravar vários discos nas décadas de 1950 e 1960. Por um breve período, chegou a largar a profissão de professor e pesquisador de Matemática para se dedicar apenas aos diversos shows que passou a fazer, não só nos Estados Unidos, mas em outros países de língua inglesa.

No começo dos anos 1970, contudo, decidiu abandonar a carreira artística e voltou a ensinar Matemática em algumas das mais prestigiosas universidades dos EUA.

Atualmente, aposentado, Lehrer vive na Califórnia e, ocasionalmente, faz pequenos shows para platéias universitárias.

Importância artística[editar | editar código-fonte]

Mais do que um humorista, Tom Lehrer foi um crítico implacável da direita e dos conservadores norte-americanos, facto expresso em canções como "Send the Marines!" ("Mande os Marines!"), em que classifica as tropas de elite das forças armadas americanas como o instrumento de "diplomacia" preferido dos Estados Unidos.

Lehrer notabilizou-se também pelo caráter inovador de seu humor, enveredando muitas vezes por assuntos científicos, como nas canções "New Math" ("Nova Matemática"), "Lobachevski" (sobre os plágios no mundo acadêmico) e "The Elements" ("Os Elementos" - cuja letra se resume a uma hilariante enunciação de todos os elementos químicos da Tabela Periódica).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tom Lehrer

Referências

  1. Longley, Eric. «Tom Lehrer». St. James Encyclopedia of Popular Culture (em inglês). CBS Interactive Resource Library. Cópia arquivada em 9 de Julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]