Translação (física)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em física, a translação é um movimento no qual se modifica a posição de um objecto, em contraposição a uma rotação.

Uma translação é a operação que modifica as posições de todos os objectos segundo a fórmula:

onde é um vector constante. Dita operação pode ser generalizada a outras coordenadas, por exemplo a coordenada temporal.

Para um objeto que não possui estrutura, como por exemplo um subconjunto do espaço, considera-se a classe do subconjunto afectado pela transformação. De forma alternativa, é possível definir uma translação como uma operação sobre os objectos, tal que todas as suas propriedades como cor, composição, etc. se correspondem. Mas não se devem confundir as duas: uma translação do espaço não possui pontos fixos, os pontos fixos de uma translação no outro sentido são os objectos com suas correspondentes simetrias de translação.

De acordo com o teorema de Noether, a simetria de translação é equivalente à conservação do momento.

Ver também[editar | editar código-fonte]