Turiaçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Turiaçu
"Turi"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 11 de julho de 1870
Gentílico turiense e turiaçuense
Prefeito(a) Umbelino Ribeiro[1] (PV)
(2013–2016)
Localização
Localização de Turiaçu
Localização de Turiaçu no Maranhão
Turiaçu está localizado em: Brasil
Turiaçu
Localização de Turiaçu no Brasil
01° 39' 46" S 45° 22' 19" O01° 39' 46" S 45° 22' 19" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Oeste Maranhense IBGE/2008 [2]
Microrregião Gurupi IBGE/2008 [2]
Distância até a capital 152 km
Características geográficas
Área 2 577,603 km² [3]
População 33 956 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 13,17 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,567 baixo PNUD/2000 [5]
PIB R$ 107 076,988 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 200,53 IBGE/2008[6]
Página oficial

Turiaçu é um município brasileiro do estado do Maranhão. Tem uma população de 33.933 habitantes (Censo 2010). A sede do município de Turiaçu está localizada à margem esquerda do rio Carapanaí ou São João. Vale ressaltar que o rio Turiaçu não banha a sede do município, o rio deságua na Baía de mesmo nome.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro núcleo demográfico de Turiaçu, de acordo com o Professor Robson Campos Martins, data de 1655 e estava localizado à margem esquerdo do rio Turiaçu, na confluência do Paruá e margeando a estrada Viana-Belém, e recebeu o nome de Missão Jesuíta São Francisco Xavier do Turiaçu. Em 13 de fevereiro de 1834, quando Turiaçu estava sob o domínio do Pará, foi instalada a vila de Turiaçu. E Turiaçu foi elevado à condição de cidade e município pela lei provincial nº 897 de 11 de julho de 1870[7] . Entre os tantos filhos ilustres de Turiaçu, destacaremos: D. Joaquim Gonçalves de Azevedo, que chegou a ser Arcebispo Primaz do Brasil; José Gonçalves de Oliveira, que escreveu dentre outras obras: "Traçado das estradas de ferro no Brasil"; e Luiz Antônio Domingues da Silva, que foi governador do Maranhão de 1910 a 1914.

A origem do nome vem de TURY-ASSU, TURY significa: facho, fogueira, incêndio e ASSU=AÇU significa: grande, considerável, portanto o nome Turiaçu quer dizer facho grande. Outra tese sobre o nome Turiaçu provém sobre os índios que habitavam à margem do rio Turiaçu denominados Turiuara, Tupivara...Etnônimo Turiwara, “Índios conhecidos como os senhores do Turiaçu”. Temos quatro datas importantes relacionada com o município de Turiaçu: I- Fundação 1754 (pelos padres Jesuítas); II- Povoamento data de 1805; III- Elevado a Vila, em 13 de fevereiro de 1834; IV- Elevada a categoria de cidade em 11 de julho de 1870 (Decreto Imperial nº 897).

Em 1679, o então Governador do Maranhão, Inácio Coelho da Silva, determinou a ida de uma expedição ao território, que exterminou a tribo. Daí em diante, Turiaçu continuou a ser missão e ponto militar. Em 1833, foi elevada à categoria de vila, desmembrado de Bragança. Seus habitantes lutaram por muito tempo para que a povoação passasse à jurisdição do Estado do Maranhão, o que só foi possível, em 1852, por Decreto Imperial. A cidade surgiu em 1870. A origem do nome, segundo Frei Francisco de Nossa Senhora dos Prazeres, no Dicionário da Língua Geral, é “tory”, que significa “tacho”. Por tradição popular, turiaçu significa “tacho grande”. Formação Administrativa Elevado à categoria de vila com a denominação de Tury-Assú, por Carta Régia. de 16-02-1818, desmembrada da vila de Bragança. Sede na vila de Tury-Assú. Pelo decreto de 12-06-1852, transfere a vila de Tury-Assu da vila de Bragança para antiga prolincia do Pará. Elevado à condição de cidade com a denominação de Turiaçu, pela lei provincial nº 897, de 11-07-1870. Pela lei municipal nº 6, de 23-03-1893, São criados os distritos de Igarape-Açu e Maracassume e anexados ao munincípio de Turuiaçu.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Turiaçu, Igarape Açu e Mara Cassumé. Pela lei estadual nº 1151, de 16-04-1924, é criado o distrito de Cândido Mendes e anexado ao município de Turiaçu. Pelo decreto estadual nº 75, de 22-04-1931, confirmado pelo decreto estadual nº 539, de 16-12-1933, o município de Turiaçu adquiriu o extinto município de Carutapera. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 3 distritos: Turiacú, Carutapera e Cândido Mendes. Não figurando os distritos de Igarape Açu e Maracassumé. Pelo decreto nº 832, de 03-06-1935, desmembra do município de Turiaçu o distrito de Carutapera. Elevado à categoria de município. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Turiaçu e Cândido Mendes. Pelo decreto-lei estadual nº 155, de 06-12-1938, é criado o distrito de Presidente Vargas, com território desmembrado do distrito de Cândido Mendes e anexados ao município de Turiaçu.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Turiaçu, Cândido Mendes e Presidente Vargas. Pelo decreto-lei estadual nº 820, de 30-12-1943, o distrito de Presidente Vargas passou a denominar-se Aurizona. Pela lei estadual nº 190, de 22-11-1948, desmembra do município de Turiaçu os distritos de Cândido Mendes e Aurizona ex-Presidente Vargas. Para formar o novo município de Cândido Mendes. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A vegetação é predominante a Floresta Pré-Amazônica, apresenta áreas de campos limpos no sul do município e Planície Costeira onde predomina os mangais. O solo é de argila, cascalho e em alguns trechos apresenta pedregulho. O relevo do município é composto por planícies litorâneas, tabuleiros Costeiros e depressão do Meio-Norte, as serras não ultrapassam os 200 metros de alturas, as principais são: serra dos Paz, Monte Alegre (antigo Tucurubão), Alto São Benedito (sede) e Santa Maria (São Romão). Rios: Rio Turiaçu, Caxias, Caqueira, Carapanaí, Mutuoca, Piligrino Ferreira, etc. Segundo estudos da foz do Rio Turiaçu até a foz do Rio Oiapoque no Amapá localiza-se a maior reserva de camarões do mundo. Praias: Igarapé Grande, cunhã-cuema, SAbaba, Ilha dos Pássaros. Principais produtos agrícolas: mandioca, milho, banana, arroz, feijão etc. Pecuária: bovinos(gado de corte) suínos, bubalinos, caprinos, ovinos, asininos (asnos e jumentos), eqüinos, e avicultura. Extrativismo vegetal: abacaxi, acaçi, buriti (pajaroba), cupuaçu, babaçu, bacuri, murici, caju, madeira em tora (andiroba, maçaranduba, pau-d’arco, sapucaia etc.). Extrativismo animal: destaque da pesca do mar: bagre, pescada, mero, uritinga, camurim, tainha, bandeirado e a família do nhorre; (jurupiranga, cangatã e cambeua), pescada mole (go), caranguejos, camarões, sururu etc. peixes da água doce; perambutáua, traíra, jeju, acara, jandiá, curimatá, pirapema, etc. Extrativismo mineral: sal marinho é produzido em pequenas salinas de cunhã-cuema , Santa Bárbara e Antonio Dino. Ouro teve grande apogeu nas minas da Conceição e Cumaru garimpos esses esgotados, hoje ainda é extraído em pequenas quantidades nos garimpos do formigueiro, garimpo de Cateuara, garimpo do lago, garimpo da Ilha do Meio, Pedra Branca, Rio Grande, Rio da Mina, Camélia, Mofento e Santa Rita. Principais povoados: Colônia Amélia, Vila e Porto Santo, Nova Caxias, Mutuoca, Sababa, Canarinho etc.

Clima[editar | editar código-fonte]

Clima quente e úmido média de mais de 18Cº em todos os meses com 4 a 5 meses secos, as chuvas ocorrem frequentemente do mês de janeiro a julho.Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a menor temperatura registrada em Turiaçu foi de 16,5 °C em 17 de janeiro de 1987,[8] e a maior atingiu 36,4 °C em 7 de outubro de 1979.[9] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 218,2 mm (milímetros) em 27 de março de 2008. Alguns outros acumulados foram 191,9 mm em 11 de abril de 1985, 174,2 mm em 30 de abril de 2009, 173,3 mm em 7 de abril de 2002, 172,2 mm em 22 de março de 1979, 166,9 mm em 14 de março de 2006 e 154,9 mm em 8 de janeiro de 2011.[10] O menor índice de umidade relativa do ar foi de 22%, em 22 de abril de 1988.[11]

Referências

  1. Resultado Final eleições 2012 no Maranhão. Página visitada em 13/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  7. IBGE - cidades@ - Histórico - TURIACU (ma) ibge.gov.br. Visitado em 11 de junho de 2012.
  8. BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Mínima (°C) - Turiaçu Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 25 de junho de 2015.
  9. BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (°C) - Turiaçu Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 25 de junho de 2015.
  10. BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Turiaçu Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 25 de junho de 2015.
  11. BDMEP - Série Histórica - Dados Horários - Umidade Relativa (%) - Turiaçu Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 25 de junho de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.