USS LST-4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
USS LST-4
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Construção (Dravo Corp. (Pittsburgh, Pennsylvania, U.S.A.)
Batimento de quilha 4 de julho de 1942
Lançamento 9 de outubro de 1942
Descomissionamento 23 de dezembro de 1944
Carreira Naval Ensign of the United Kingdom.svg
Nome HM LST-4
Operador Marinha Real Britânica
Data de
aquisição
24 de dezembro de 1944
Comissionamento 24 de dezembro de 1944
Estado Retornou para a Marinha dos Estados Unidos no início de 1946, foi retirado em 19 de junho de 1946
Fatalidade Vendido para desmanche em 10 de setembro de 1947
Características gerais
Classe LST
Deslocamento 1 625 BRT (1,651 t) vazio,
4 080 BRT (4,145 t) cheio
Comprimento 328 pés (100 m)
Propulsão 2 motores diesel EMD 567
Velocidade 12 nós (22 km/h)
Profundidade 8 pés (2.4 m) vazio,
14 pés (4.37 m) cheio
Armamento 1 x 3 polegadas (76.2-mm)

1 x calibre 50
8 armas × 40-mm
12 armas × 20-mm

Tripulação 7-9 oficiais, 104-120 soldados

O USS LST-4 foi um navio de guerra norte-americano da classe LST que operou durante a Segunda Guerra Mundial.[1][2]


História[editar | editar código-fonte]

O USS LST-4 teve o seu batimento de quilha ocorrido no dia 4 de julho de 1942 em Pittsburgh, Pennsylvania pela Dravo Corporation, sendo lançado ao mar no dia 9 de outubro de 1942, vindo a sua comissão no ano seguinte, no dia 14 de fevereiro de 1943.

Durante a Segunda Guerra Mundial o USS LST-4 participou do Teatro de Operações da Europa, participando das campanhas de Ocupação da Sicília (julho de 1943), participou dos desembarques em Salerno (setembro de 1943), e dos desembarques em Anzio-Nettuno (janeiro e fevereiro de 1943), tendo logo após participado da Invasão do sul da França (agosto e setembro de 1944).

Foi descomissionado no dia 23 de dezembro de 1944 em Bizerte, Tunísia, sendo transferido para a Marinha Real Britânica.

Marinha Real Britânica[editar | editar código-fonte]

Foi comissionado na Marinha Real Britânica no dia 24 de dezembro de 1944 em Bizerte, como sendo o HM LST-4. Colidiu contra uma mina no dia 14 de janeiro de 1945 na passagem entre Taranto e Piraeus, sendo que seu destino final era Piraeus, Grécia, tendo permanecido neste porto até o mês de junho quando foi enviado para Alexandria, Egito e mais tarde foi para Malta onde sofreu os reparos necessários entre os dias 10 e 24 de outubro de 1945.

Foi vendido de volta à Marinha norte-americana no início de 1946. Perdeu a sua hélice propulsora na rota de volta para os EUA, sendo necessário ser rebocado até Norfolk, VA. por um outro LST, retornando então à custódia da Marinha norte-americana.

Foi retirado dos registro navais no mês de junho de 1946, sendo vendido como sucata no dia 10 de setembro de 1947 para a Boston Metals Company, de Baltimore, Maryland.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o USS LST-4 recebeu quatro estrelas de batalha pelos seus serviços prestados.

Campanhas[editar | editar código-fonte]

Ocupação da Sicília julho de 1943
Desembarques em Salerno setembro de 1943
Desembarques em Anzio-Nettuno janeiro e fevereiro de 1943
Invasão do sul da França agosto e setembro de 1944

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Medalha de Campanha Americana
Medalha de Campanha da Europa-África-Meio Leste (4)
Medalha da Vitória da Segunda Guerra Mundial

Referências

  1. «Uboat.net». USS LST-4 (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2009 
  2. «Navsource». USS LST-4 (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2009