Universidade Virtual Pública do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Universidade Virtual Pública do Brasil (UniRede) é um consócio nacional de universidades públicas do Brasil criado em 2000, com o consenso de representantes de 62 instituições de ensino superior. Tinha como lema inicial lutar por políticas desenvolvidas pelo estado com o propósito de democratizar o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade; executar processo colaborativo na produção de materiais didáticos; como também na oferta de cursos de graduação e pós-graduação[1][2]. Atualmente desempenha de consolidar as políticas públicas para Educação à Distância de qualidade no sistema de ensino público brasileiro[1].

Seu lema foi dar início a uma luta por uma política de estado visando a democratização do acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade e o processo colaborativo na produção de materiais didáticos e na oferta nacional de cursos de graduação e pós-graduação. Segue o primeiro parágrafo do primeiro documento, elaborado por ocasião de sua criação:

“Os representantes das 18 universidades presentes à I Reunião da Universidade Virtual Pública do Brasil, nos dias 2 e 3/12 em Brasília, UnB, estão conscientes de que já é hora do sistema público de ensino superior ocupar e ampliar seu espaço, partindo para uma ação arrojada, inovadora, responsável e concreta, como resposta às desigualdades e injustiças no campo da educação superior.”

Histórico[editar | editar código-fonte]

A UniRede nasceu em meados de 1999, com a reunião de um grupo de professores de instituições públicas de ensino superior do Brasil, no intuito de implementar um sistema de cooperação entre as instituições, o que viria a se constituir em uma rede em universidades (UniRede).[3]

A UniRede teve apoio inicial da Frente Parlamentar de Educação a Distância na Câmera dos Deputados representado pelo Deputado Federal Werner Wanderer do Paraná, dos Ministérios de Educação e Cultura – MEC, Ciências e Tecnologia – MCT e de órgãos, a exemplo da Financiadora de Estudo e Projetos – FINEP e, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq/MCT na disponibilização de bolsas DTI[4].

A UniRede contou desde o início, com o apoio da Comissão de Educação/ Frente Parlamentar de Educação a Distância da Câmara Federal na pessoa do Deputado Federal Werner Wanderer do Paraná, dos Ministérios da Educação e Cultura – MEC, Ciência e Tecnologia – MCT e de órgãos como a Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP  e, especialmente, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq/ MCT que disponibilizaram bolsas DTI, para apoiar o desenvolvimento da UniRede nos pólos.

Em 2009 foi transformada em uma associação, intitulada: Associação Universidade em Rede (UniRede).

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Em 1.999 a Universidade Virtual Pública do Brasil, contava com a seguinte estrutura:

Instância executiva: Comitê gestor composto por sete membros das instituições de ensino superior públicas, sendo que cada região geográfica tem um representante, com o Nordeste dividido em Nordeste Oriental, Nordeste Ocidental e o Sudeste dividido em Sudeste 1 e Sudeste 2[1][5].

Instância deliberativa: Conselho de Representantes reúne um representante de cada instituição consorciada que elegia o comitê gestor e exercia outras funções[5][1].

Conselho consultivo: do qual fazem parte um representante da Câmara dos Deputados, da CAPES, CNPq, UNESCO, MEC, MCT e RNp. Tendo função de consulta sugerindo colaboradores, parceiros e nomes que serviriam para a interlocução com as instituições apoiadoras da UniRede[5].

A partir do ano de 2009 a UniRede passou a ser constituída como uma Associação Institucional que congrega instituições públicas (Universidades Federais e Estaduais, e Instituições Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica) buscando sempre  a promoção do desenvolvimento científico e tecnológico da Educação a Distância, contribuindo assim com pesquisa, produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico na área da Educação a Distância (EaD) no Brasil, como a interlocução, articulação e interação entre os mais variados setores e órgãos governamentais para a proposição de políticas públicas para a EaD.

Atualmente é composta por três Conselhos/Comitês:

Conselho dos Representantes (CR): constituído por um representante de cada Instituição Pública de Ensino Superior associada. Compete aos membros desse conselho discutir e votar matérias referentes à consecução dos objetivos da UniRede. O representante e seu suplente serão indicados pelo dirigente máximo da instituição pública de ensino superior associada.

Comitê de Coordenação Política (CCP) composto pelo Presidente, Vice-presidente e por membros do Conselho de Representantes de cada Regional da UniRede, um representante das instituições federais, um das instituições estaduais e um das instituições de educação tecnológica, eleitos bienalmente. O Comitê de Coordenação Política coordena e promove as atividades da Associação definidas pelo Conselho de Representantes e diligência para a obtenção de recursos. Os representantes regionais serão eleitos pelos representantes das instituições da respectiva região e os demais eleitos pelo pleno do Conselho de Representantes. O mandato dos membros do Comitê de Coordenação Política, coincidi com o da Presidência, tendo direito a uma recondução.

 Atualmente o Comitê de Coordenação Política se configura da seguinte forma:

Nome Posição Instituição de Ensino Superior
Alexandre Martins dos Anjos Presidente Universidade. Federal de Mato Grosso
Elisa Tuler de Albergaria Vice-presidente Universidade Federal de São João del-Rei
Aline Pinto Amorim Representante dos IFTs Instituto Federal do Rio de Janeiro
Karina Marcon Representante das IES Estaduais Universidade Estadual de Santa Catarina
Mára Lúcia Fernandes Carneiro Representante das IES Federais Universidade. Federal do Rio Grande do Sul
José Miguel Martins Veloso Representante da Região Norte Universidade Federal do Pará
Luis Otoni Meireles Ribeiro Representante da Região Sul Instituto Federal Sul-Riograndense
Marcus Túlio de Freitas Pinheiro Representante da Região Nordeste Universidade do Estado da Bahia
Maria Teresa Menezes Freitas Representante da Região Sudeste Universidade Federal de Uberlândia
Valter Gomes Campos Representante da Região Centro-Oeste Universidade Estadual de Goiás

Conselho Fiscal (CF): compostos por dois membros, eleitos bienalmente.

O Conselho Fiscal tem como uma das principais funções assessorar o Comitê de Coordenação Política relativamente às questões financeiras da Associação e à ampliação dos seus recursos. A designação dos membros do Conselho Fiscal ocorre em Reunião Ordinária do Conselho de Representantes convocada para este fim, em conjunto com a eleição do Comitê de Coordenação Política. O mandato dos membros deste conselho deve coincidir com o da presidência, tendo direito a uma recondução. O Comitê Fiscal é atualmente é formado pelos representantes:

Nome Posição   Instituição de Ensino Superior
Paulo Roberto Colusso Conselho Fiscal Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
Wagner José Corradi Barbosa Conselho Fiscal Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Principais Eventos da UniRede[editar | editar código-fonte]

O ESUD e CIESUD

Todos os anos a UniRede em parceria com uma das instituições associadas, promove o Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (ESUD) e o Congresso Internacional de Educação Superior a Distância (CIESUD). O evento tem contribuído para a discussão e consolidação da modalidade a distância no Brasil desde a criação da UniRede. As temáticas são sempre relevantes e os trabalhos apresentados demonstram os estudos e pesquisas na área. A próxima edição ESUD/CIESUD acontece na cidade de Natal e será realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte entre os dias 20 e 23 de novembro. Os participantes das instituições associadas têm direito a taxa de inscrição diferenciada.

O PROMOVEAD

O evento também acontece em parceria com uma das instituições associadas à UniRede. O PromovEAD vai para a quarta edição e discute as ações de comunicação para divulgação da Educação a Distância nas instituições públicas de ensino superior, o próximo PromovEAD acontece na cidade de Salvador e será realizado pela Universidade do Estado da Bahia.

SEMINÁRIOS REGIONAIS

Os seminários regionais são eventos realizados anualmente em cada região do país, com o objetivo de atualizar os associados e potenciais associados (Instituições que ainda não fazem parte da UniRede) sobre as ações que a UniRede vem desenvolvendo e discutir temáticas relacionadas aos objetivos da Associação. Ao final, os encaminhamentos são registrados com a finalidade de apoiar discussões e a serem realizadas no Seminário Nacional da UniRede, no Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância e no Congresso Internacional de Educação Superior a Distância.

SEMINÁRIO NACIONAL

O Seminário Nacional da UniRede é um dos eventos anuais que tem como objetivo sumarizar todas as reflexões e debates desenvolvidos anualmente em encontros, seminários, simpósios da UniRede em prol do desenvolvimento científico e tecnológico da modalidade de Educação a Distância.

A partir de discussões realizadas em todas as regiões brasileiras, tais como os seminários regionais, eventos de promoção de EaD e outros encontros de Educação a Distância torna-se possível desenvolver discussões articuladas com o setor público e, em especial, as instâncias responsáveis pelo desenvolvimento da política de Educação em nosso país, e também aquelas que estabelecem cooperações com UniRede.

Membros Atuais[editar | editar código-fonte]

Atualmente são membros da UniRede 62 instituições listadas abaixo[6]:

  • Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro
  • Fundação Universidade Federal da Grande Dourados
  • Fundação Universidade Federal de Mato Grosso
  • Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Fundação Universidade Federal de Rondônia
  • Instituto Anísio Teixeira
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense
  • Instituto Federal do Espírito Santo
  • Instituto Federal do Rio de Janeiro
  • Universidade de Brasília
  • Universidade do Estado Da Bahia
  • Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Universidade Estadual de Goiás
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Universidade Estadual de Montes Claros
  • Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Universidade Estadual do Centro-oeste
  • Universidade Estadual do Maranhão
  • Universidade Estadual do Piauí
  • Universidade Estadual do Sudoeste Da Bahia
  • Universidade Federal de Alfenas
  • Universidade Federal de Campina Grande
  • Universidade Federal de Ciências Da Saúde de Porto Alegre
  • Universidade Federal de Itajubá
  • Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Universidade Federal de Lavras
  • Universidade Federal de Mato Grosso
  • Universidade Federal de Minas Gerais
  • Universidade Federal de Ouro Preto
  • Universidade Federal de Pelotas
  • Universidade Federal de Pernambuco
  • Universidade Federal de Roraima
  • Universidade Federal de Santa Catarina
  • Universidade Federal de Santa Maria
  • Universidade Federal de São Carlos
  • Universidade Federal de São João del Rei
  • Universidade Federal de São Paulo
  • Universidade Federal de Uberlândia
  • Universidade Federal de Viçosa
  • Universidade Federal do ABC
  • Universidade Federal do Amapá
  • Universidade Federal do Amazonas
  • Universidade Federal do Espírito Santo
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Universidade Federal do Pampa
  • Universidade Federal do Pará
  • Universidade Federal do Paraná
  • Universidade Federal do Piauí
  • Universidade Federal do Recôncavo Da Bahia
  • Universidade Federal do Rio Grande
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Universidade Federal do Tocantins
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Universidade Federal Rural Da Amazônia
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Adesão[editar | editar código-fonte]

De acordo com o estatuto[7] e o regimento[5], apenas instituições de ensino superior público podem se filiar. Para filiação o representante da IES deve encaminhar a Ficha de Inscrição Unirede, assinada por seu(a) reitor(a), indicando os dados (atuais) do Representante Institucional e suplentes. As instituições aprovadas e com anuidade em dia obtêm a prerrogativa de votarem e serem votados para os três Conselhos que compõem a estrutura organizacional da UniRede. A Anuidade é de R$ 2.000,00[8].

Referências

  1. a b c d «ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE EM REDE (UniRede). Histórico da UniRede.». Consultado em 26 de Março de 2018 
  2. Martiins, Luiz (2006). «Educação Superior a distância no Brasil: uma construção consorciada em rede». Liinc em Revista 
  3. Farias, Doris; Rondelli, Elizabeth; Dias, Selma (2010). «Unirede: Um projeto estratégico para educação superior». . Parcerias Estratégicas 
  4. Carvalho, Ana Beatriz Gomes (2014). «O Papel da UNIREDE na Construção de Políticas Públicas para a EAD no Brasil». Revista Brasileira de Informática na Educação 
  5. a b c d «ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE EM REDE (UniRede). Regimento». Consultado em 24 de Abril de 2018 
  6. «ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE EM REDE (UniRede). Integrantes». Consultado em 3 de Maio de 2018 
  7. «ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE EM REDE (UniRede). ESTATUTO.». Consultado em 3 de Maio de 2018 
  8. «ASSOCIAÇÃO UNIVERSIDADE EM REDE (UniRede). Associa-se». Consultado em 3 de Maio de 2018