Valdreu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Valdreu 
  Freguesia  
Igreja de Santo António de Mixões da Serra
Igreja de Santo António de Mixões da Serra
Localização
Valdreu está localizado em: Portugal Continental
Valdreu
Localização de Valdreu em Portugal
Coordenadas 41° 43' 55" N 8° 19' 20" O
Concelho Crest of Vila Verde municipality (Portugal).png Vila Verde
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente José Martins (PPD/PSD)
Características geográficas
Área total 16,69 km²
População total (2011) 648 hab.
Densidade 38,8 hab./km²
Código postal 4730
Outras informações
Orago Divino Salvador

Valdreu é uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Verde, com 16,69 km² de área e 516 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é de 30,9 hab/km².

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Valdreu [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 044 1 060 1 003 1 017 1 093 1 154 1 212 1 140 1 240 1 184 1 110 1 066 954 648 516

História[editar | editar código-fonte]

Até ao início do século XIX constituiu o couto de Valdreu. Tinha, em 1801, 1 010 habitantes. Foi integrado no concelho de Pico de Regalados, extinto em 1855.

A freguesia está ligada à freguesia de Moimenta em Terras de Bouro pela Ponte das Pesqueiras, sobre o Rio Homem, inaugurada a 23 de Setembro de 2008.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de Santo António de Mixões da Serra
  • Capela S.da Guia St. Sebastião no lugar de campo perto de Gouvim
  • Capela Sta. Luzia Bezeguimbra
  • Capela N. S. Luz, Santa Bárbara

Lugares[editar | editar código-fonte]

  • Bezeguinha, Bodoval, Cabaninhas, Campo, Carrazedelo, Casal, Cela, Covelo, Costa, Gouvim, Guarda, Guilhamir, Lordelo, Mixões de Baixo, Mixões de Cima, Mosteiro, Porto Maior, Quintães, Roda, Serrinha, Uveiras e Valdreu.

Festa De Santo António e benção dos animais[editar | editar código-fonte]

Benção dos animais

Todos os anos, no domingo anterior ao dia 13 de junho, no mosteiro de Santo António de Mixões da Serra, há missa campal com no fim a benção dos animais presentes no terreiro (cavalos, vacas, cães, gatos...). Essa tradição é sécular, uma primeira capela dedicada a Santo António foi erguida em 1607, por alguns pastores em promessa, pela proteção do Santo aos seus rebanhos que escaparam as pragas que dizimaram a região. De 1916 até 1952, decoreram as obras da nova igreja, destruindo infelizmente a capela. A tradição hoje, ainda é bem viva, pelo trabalho do falecido Padre António Marques (grande defensor dos animais e da natureza), que dedicou muitos livros para valorizar e divulgar essa curiosa tradição. [3]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 8 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Turismo do Porto e Norte de Portugal Bencão dos animais de Santo António de Mixoes da Serra
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.