Valkyrie Drive

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Valkyrie Drive
ヴァルキリードライヴ
(Varukirī Doraivu)
Gênero Ação, Yuri, Sobrenatural
Anime
Valkyrie Drive: Mermaid
Direção Hiraku Kaneko
Produção Genco
Roteiro Yōsuke Kuroda
Música Hiroaki Tsutsumi
Estúdio Japão Arms
Emissoras de televisão Japão AT-X, Tokyo MX, Sun TV, KBS, TV Aichi, BS11
Exibição original 10 de outubro de 2015 – 26 de setembro de 2015
Episódios 12 episódios + 6 especiais[1]
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Valkyrie Drive (ヴァルキリードライヴ Varukirī Doraivu?) é uma franquia de mídia japonesa criada pela Marvelous, que foi anunciada na convenção AnimeJapan em março de 2015. A franquia consiste em três projetos: Mermaid (マーメイド Māmeido?), uma série de televisão em anime produzida pela Arms Corporation, que foi ao ar no Japão entre outubro e dezembro de 2015; Bhikkhuni (ビクニ Bikuni?), um jogo PlayStation Vita lançado em 10 de dezembro de 2015 no Japão com um lançamento no ocidente em 2016 e uma versão do Microsoft Windows em 2017; e Siren (セイレーン Seirēn?), um jogo social para dispositivos iOS e Android lançado em dezembro de 2015.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Cada uma das séries gira em torno de meninas que foram infectadas com um misterioso vírus conhecido como vírus A. Essas meninas são divididas em duas classes; Extars (エクスター Ekusutā?), que podem se transformar em armas quando excitadas sexualmente, e Liberators (リブレイター Ribureitā?), que tem o poder de usar a forma de arma de um Extar, conhecida como Liberator Arms, através de um processo conhecido como Drive. Essas garotas são levadas a ilhas separadas para passarem seus dias completamente isoladas do resto do mundo até que os observadores das ilhas, autorizados pela organização governamental AAA, aparentemente as considerem prontas para voltar à sociedade.

Mermaid segue uma Extar chamada Mamori Tokonome, que faz uma parceria com a Liberator Mirei Shikishima.[3] Bhikkhuni segue duas irmãs, Rinka e Ranka Kagurazaka, que estão infectadas com uma variação do vírus A conhecido como V-Virus.

Mídia[editar | editar código-fonte]

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

Valkyrie Drive: Bhikkhuni foi desenvolvido pela Meteorise para o PlayStation Vita e foi lançado no Japão em 10 de dezembro de 2015.[4] O PQube lançou o jogo na Europa em 30 de setembro de 2016 e na América do Norte em 11 de outubro de 2016.[5] O jogo teve recepção negativa na Alemanha e Austrália.[6] Valkyrie Drive: Siren, um jogo social, foi lançado para dispositivos iOS e Android em dezembro de 2015. Mais tarde, foi encerrado em 7 de julho de 2016.

Anime[editar | editar código-fonte]

Valkyrie Drive: Mermaid foi produzido pela Arms Corporation e exibido no Japão entre 10 de outubro de 2015 e 26 de dezembro de 2015, recebendo uma transmissão sem censura no AT-X. O tema de abertura é "Overdrive", de Hitomi Harada, enquanto o tema final é "Super Ultra Hyper Miracle Romantic" (スーパーウルトラハイパーミラクルロマンチック Sūpā Urutora Haipā Mirakuru Romanchikku?), por Yuka Iguchi e Mikako Izawa.[7] A série é licenciada para transmissão na América do Norte pela Funimation,[8] enquanto a Madman Entertainment transmite o anime pelo AnimeLab na Austrália.[9] No Reino Unido, a série cessou a transmissão devido a uma infração da Lei de Gravação de Vídeo de 1984.[10]

Mangá[editar | editar código-fonte]

A franquia gerou duas séries de mangá. Valkyrie Drive: Siren — Breakout, um webmangá ilustrado por Ayase, começou a serialização no Famitsu Comic Clear em novembro de 2015.[11] Uma adaptação de Valkyrie Drive: Mermaid ilustrada por Yuztan começou a serialização na revista Comp Ace da Kadokawa Shoten em dezembro de 2015.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]