Vardenafila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vardenafil)
Ir para: navegação, pesquisa
Vardenafila
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
4-[2-etoxi-5-(4-etilpiperazina-1-il)sulfonil-fenil]-
9-metil-7-propil- 3,5,6,8-tetrazabiciclo[4.3.0]
nona-3,7,9-trien-2-ona
Identificadores
CAS 224785-90-4
ATC G04BE09
PubChem 110634
DrugBank APRD00699
Informação química
Fórmula molecular C23H32N6O4S 
Massa molar 488,604 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade 15%
Ligação a proteínas 95%
Metabolismo Hepático (CYP3A4)
Meia-vida 4–5 horas
Excreção Biliar
Considerações terapêuticas
Administração Oral
DL50  ?

Vardenafila é um PDE5 inibidor usado na terapêutica da disfunção erétil (uma das formas da chamada impotência sexual, mas não a única). Pode auxiliar homens com essa disfunção no desenvolver e manter uma adequada ereção durante a atividade sexual.
Desenvolvido pelo Laboratório Farmacêutico Bayer, é comercializado sob o nome comercial Levitra.

História[editar | editar código-fonte]

A vardenafila foi co-comercializado pela Bayer Pharmaceuticals e GSK, sob a marca Levitra. A partir de 2005, os direitos de co-promoção da GSK no Levitra foram transferidos para a Bayer em muitos mercados fora dos Estados Unidos. Na Itália, a Bayer comercializa o produto Levitra e a GSK, como Vivanza. Devido à legislação de comércio da União Europeia, a importação paralela pode fazer com que pacotes de marca Vivanza sejam visto ao lado de embalagens de Levitra nas farmácias de outros estados membros da UE.

Uso clínico[editar | editar código-fonte]

Indicações e contra-indicações são as mesmas relacionadas a outros inibidores da PDE5. Como um inibidor do PDE5, a vardenafila está intimamente relacionada a sildenafila e a tadalafila, tanto em termos de função quanto de mercado. A vardenafila tem um tempo de efciácia relativamente curto, quando comparada à sildenafila.

Reações adversas[editar | editar código-fonte]

Reações adversas comuns relacionadas especificamente à vardenafila incluem: náusea. Reações adversas pouco frequentes incluem: dor abdominal, dor nas costas, fotossensibilidade, visão anormal, dor ocular, edema facial, hipertensão, palpitação, taquicardia, artralgia, mialgia, rash cutâneo, prurido e priapismo. (Rossi, 2004)

O uso de produtos contendo vardenafila também já foi associado com efeitos adversos graves, incluindo o ataque cardíaco. Em casos raros, o uso de vardenafila pode resultar em dano permanente ao tecido peniano e em impotência permanente. Health Canada (2006)

Interações medicamentosas[editar | editar código-fonte]

Produtos contendo vardenafila não devem ser utilizados por indivíduos que estejam tomando qualquer tipo de medicação contendo nitrato, pois a combinação destes produtos pode resultar no desenvolvimento de hipotensão potencialmente fatal.

Contra-indicações[editar | editar código-fonte]

  • Alergia à vardenafila
  • No caso de ter sido desaconselhada a atividade sexual devido a problemas cardíacos
  • Falência cardíaca ou angina de peito
  • Problemas oculares degenerativos
  • Ritmo cardíaco irregular e arritmia grave[1]

Posologia e modo de uso[editar | editar código-fonte]

Está disponível em comprimidos de cor laranja, em doses de 2,5 mg, 5 mg, 10 mg, e 20 mg. A dose inicial é normalmente de 10 mg (equivalente q 50 mg de sildenafila). A vardenafila deve ser tomada de 25 a 60 minutos antes da atividade sexual, com uma frequência méxima de uma dose diária.

Em alguns territórios, como o Reino Unido, apenas algumas dosagens podem estar disponíveis. Por exemplo, 5 mg, 10 mg, e 20 mg.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]