Vila Sésamo (2007)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vila Sésamo
Informação geral
Formato Série
Duração 30 minutos
Criador(es) Fernando Salem
Baseado em Sesame Street criado por
Joan Ganz Cooney &
Lloyd Morrisett
País de origem  Brasil
 Estados Unidos
Idioma original Português e Inglês
Produção
Distribuída por Cultura Marcas
Elenco Fernando Gomes
Magda Crudelli
Tema de abertura Gergelim de Vanessa da Mata
Tema de encerramento Gergelim (instrumental)
Empresa(s) de produção Sesame Workshop
TV Cultura
Exibição
Emissora de televisão original TV Rá-Tim-Bum, HBO Family, Gloobinho
Transmissão original 29 de outubro de 2007 - 10 de janeiro de 2016
Cronologia
Programas relacionados Sésamo

Vila Sésamo é um programa educativo de televisão dedicado ao público infantil, que é exibido na TV Rá-Tim-Bum.[1] Ele é baseado no programa norte-americano Sesame Street, criado pela Children's Television Workshop, atual Sesame Workshop.

Programa[editar | editar código-fonte]

O programa estreou no dia 29 de outubro de 2007 na TV Cultura[2], e traz noções educativas para as crianças de três a seis anos. Ele ensina várias coisas como as letras, os números, as formas geométricas, as cores, etc. Isso tudo, acompanhado de cenas com a interação de bonecos, músicas, desenhos animados e diversão. Os principais personagens do programa são Garibaldo e Bel, personagens das cenas nacionais. Mas também há outros personagens, só que da versão americana, como Elmo, Grover, Ênio, Beto, etc. Enfim, o seriado traz cenas nacionais e cenas do seriado norte-americano. Um programa recomendável para as crianças, pois traz uma temática educativa bem dotada, que não é chata e que ao mesmo tempo diverte e ensina.Atualmente,o desenho passa na TV Rá-Tim-Bum.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Quadros[editar | editar código-fonte]

Quadros Brasileiros[editar | editar código-fonte]

Quadros Norte-americanos[editar | editar código-fonte]

  • Elmo's World (O Mundo de Elmo):Um quadro onde Elmo descobre novas coisas e ainda fala com bebês.
  • Global Grover (As Viagens de Grover):Um quadro onde Grover fala sobre suas viagens para outros países.
  • Play With Me Sesame (Brinque Comigo Sésamo):Um quadro onde os personagens Ênio,Beto,Grover e Sofia Sabida brincam e se divertem até cansar.

Elenco de manipulação e/ ou voz de bonecos[editar | editar código-fonte]

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Personagens humanos[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Sesame Street já foi adaptado uma vez, na década de 1970, no Brasil. Era produzido por meio de uma coparceria entre a TV Cultura e a Rede Globo. Estreou em 1972 e teve seu fim em 1977. Só depois de vários anos de negociações, a TV Cultura conseguiu novamente os direitos da emissora norte-americana e produziu a nova versão.
  • Segundo a matéria da Revista Veja, a fantasia do personagem Garibaldo é constituída de 5 mil penas de peru e avestruz. A Sesame Workshop exige que a vestimenta seja tocada somente com luvas e que ela tem que ser lavada com uma mistura de água e vodka.
  • Ainda segundo a entrevista, a escolha de Garibaldo para capitanear a nova versão aconteceu depois que uma pesquisa da TV Cultura concluiu que o personagem era o mais lembrado pelos adultos que assistiram a primeira versão. A personagem foi o mais popular da versão de 1972.
  • Além das cenas produzidas no Brasil, são exibidas cenas dubladas do original Sesame Street. As cenas que não são dubladas são exibidas no programa Sesame English, também exibido na TV Cultura.
  • A música de abertura da nova versão se chama Gergelim e é interpretada por Vanessa da Mata.
  • Com a entrada do programa, a TV Cultura viu as audiências subirem. Marcando 3,7 pontos no Ibope, a emissora empatou várias vezes com a Record e Band, sendo que já ganhou das duas poucas vezes.
  • A Vila Sésamo é exibida em cerca de 120 países.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://archive.is/g7yQf
  2. Folha (1 de setembro de 2016). «Em crise, Cultura e TV Brasil correm para levar ao ar novo 'Vila Sésamo'». Consultado em 3 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]