Vulkan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vulkan
Vulkan API logo.svg
Desenvolvedor Khronos Group com contribuições da AMD[1][2][3][4][5]
Versão estável 1.1 (7 de março de 2018; há 19 meses[6])
Sistema operacional Linux (Android, SteamOS, Tizen), Windows[7][8]
Gênero(s) API de computação e gráficos 3D[9]
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial www.khronos.org/vulkan/

Vulkan é uma API de computação e gráficos 3D multiplataforma e de baixo overhead anunciada inicialmente na GDC 2015 pela Khronos Group.[9][10][11] A Vulkan API foi inicialmente referida como a "iniciativa OpenGL da nova geração" pela Khronos, mas o uso desses nomes foi descontinuado quando o nome Vulkan foi anunciado.[12] Vulkan é derivada de e construida sobre os componentes da Mantle API da AMD, que foi doada pela AMD para a Khronos com o intuito de lhe dar a fundação para começar a desenvolver uma API de baixo nível que poderia padronizar a indústria, assim como OpenGL.[3][9][13][14][15][16][17]

Compatibilidade[editar | editar código-fonte]

Especificações iniciais afirmam que Vulkan irá trabalhar em hardware que suporta atualmente OpenGL ES 3.1 ou OpenGL 4.X e acima.[18] Como o suporte para Vulkan requer novos drivers de gráficos, isto não implica necessariamente que todo dispositivo existente que suporta OpenGL ES 3.1 ou OpenGL 4.X terá drivers para Vulkan disponíveis.

Suporte de Vulkan para iOS e OS X foi recentemente anunciado (26 de fevereiro, 2018) pela Apple, o que fará com que ele seja basicamente universal. Metal.[19]

Software[editar | editar código-fonte]

Motores de jogos[editar | editar código-fonte]

Unreal Engine 4 – Em 21 de Fevereiro de 2016, Epic Games anunciou suporte de Vulkan para Unreal Engine 4 no evento Unpacked do Galaxy S7 da Samsung.[20][21]

Source 2 – Em 3 de Março de 2015, Valve anunciou o motor Source 2, um motor de jogos que irá receber um rendering path com Vulkan.[22][23]

Unity3D - Em 31 de Março de 2017, a unity passou a ter suporte completo ao vulkan.

Aplicativos[editar | editar código-fonte]

The Talos PrincipleThe Talos Principle foi o primeiro jogo com suporte a renderização com Vulkan.[24]

Vulkan ChopperNVidia desenvolveu e lançou uma demonstração de Vulkan com seu site de desenvolvedores que demonstra o baixo overhead. Vulkan Choppers funciona em Windows e Linux desde o dia de lançamento e também está planejado o lançamento para Android.[25]

História[editar | editar código-fonte]

A Khronos Group começou o projeto de criar uma API de gráficos de nova geração em Julho de 2014 com uma reunião com a Valve Corporation. Em SIGGRAPH 2014, o projeto foi anunciado publicamente com uma chamada de participantes.[9]

De acordo com o Escritório de Patentes e Marca Registrada dos Estados Unidos, a marca registrada para Vulkan foi feita em 19 de Fevereiro de 2015.[26]

Vulkan foi formalmente nomeada e anunciada na Game Developers Conference 2015, apesar de especulações e rumores centrarem na existência de uma nova API e sendo referida como "glNext".[27]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • OpenGL – Outra API de gráficos pela Khronos Group
  • OpenCL – Outra API de computação pela Khronos Group
  • Mantle – Uma API de computação e gráficos de baixo nível da AMD, a fundação do Vulkan
  • Direct3D – API de gráficos somente para Windows. A versão 12 é uma API de baixo nível similar a Vulkan
  • WebGL

Referências

  1. Hruska, Joel. «Not dead yet: AMD's Mantle powers new Vulkan API, VR efforts». Extreme Tech. Consultado em 26 de junho de 2015 
  2. Kirsch, Nathan. «Is AMD Mantle Dead As We Have Known It? Vulcan API Uses Mantle Technology for OpenGL». Legit Reviews. Consultado em 25 de junho de 2015 
  3. a b Shilov, Anton. «AMD: Vulkan absorbed 'best and brightest' parts of Mantle». KitGuru. Consultado em 26 de junho de 2015 
  4. Koduri, Raja (4 de março de 2015). «On APIs and the future of Mantle». AMD. Consultado em 19 de maio de 2015. ...(T)he Khronos Group has selected Mantle to serve as the foundation for Vulkan... 
  5. Michaud, Scott (3 de março de 2015). «GDC 15: Khronos Acknowledges Mantle's Start of Vulkan». PC Perspective. Consultado em 19 de maio de 2015 
  6. «Vulkan® 1.0.68 - A Specification». Khronos Group. 15 de Janeiro de 2018. Consultado em 19 de Janeiro de 2018 
  7. Bright, Peter; Walton, Mark (16 de fevereiro de 2016). «Vulkan now official, with 1.0 API release and AMD driver [Updated]». United Kingdom: Ars Technica. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  8. Valich, Theo (17 de fevereiro de 2016). «Mantle Cycle is Complete as Khronos Releases Vulkan 1.0». VR World. Consultado em 19 de fevereiro de 2016 
  9. a b c d «More on Vulkan and SPIR - V: The future of high-performance graphics» (PDF). Khronos Group. p. 10. Consultado em 27 de junho de 2015. Thanks AMD! 
  10. «Vulkan : Graphics and compute Belong Together» (PDF). Khronos.org. Março de 2015. Consultado em 5 de março de 2015 
  11. «Vulkan - Graphics and compute belong together». Khronos.org. Consultado em 5 de março de 2015 
  12. Batchelor, James (3 de março de 2015). «glNext revealed as Vulkan graphics API». develop-online.net 
  13. Mah Ung, Gordon (6 de março de 2015). «Mantle is a Vulkan: AMD's dead graphics API rises from the ashes in OpenGL's successor». PCWorld 
  14. «AMD Gaming: One of Mantle's Futures: Vulkan | AMD Blogs». Community.amd.com. Consultado em 5 de março de 2015 
  15. Hruska, Joel (4 de março de 2015). «Not dead yet: AMD's Mantle powers new Vulkan API, VR efforts». ExtremeTech. Consultado em 5 de março de 2015 
  16. «AMD's Mantle Lives On In Vulkan - Lays The Foundation For The Next OpenGL». Wccftech.com. 20 de junho de 2014. Consultado em 5 de março de 2015 
  17. Kirsch, Nathan. «Is AMD Mantle Dead As We Have Known It? Vulcan API Uses Mantle Technology for OpenGL». Legit Reviews. Consultado em 5 de março de 2015 
  18. Khronos Group (junho de 2015). «Vulkan Overview» (PDF). Consultado em 18 de agosto de 2015  p. 19 "Vulkan Status"
  19. «MoltenVK». Molten. Consultado em 5 de abril de 2016 
  20. «Epic Games adds Vulkan support to Unreal Engine 4». bit-tech. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  21. «Epic Games Unveils ProtoStar at Samsung Galaxy Unpacked». www.unrealengine.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  22. Kollar, Philip (3 de março de 2015). «Valve announces Source 2 engine, free for developers». Consultado em 3 de março de 2015 
  23. Mahardy, Mike (3 de março de 2015). «GDC 2015: Valve Announces Source 2 Engine». IGN. Consultado em 3 de março de 2015 
  24. Williams, Daniel; Smith, Ryan (17 de fevereiro de 2016). «Quick Look: Vulkan Performance on The Talos Principle». Anandtech. Consultado em 19 de fevereiro de 2016 
  25. [1]
  26. «US Patent and Trademark Office». Consultado em 7 de março de 2015 
  27. Batchelor, James. «glNext revealed as Vulkan graphics API | Latest news from the game development industry | Develop». Develop-online.net. Consultado em 5 de março de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]