Walter Longo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético.
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{ER|6|2=~~~~}}, regra n° 6 da eliminação rápida.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Walter Longo (São Paulo, 12 de fevereiro de 1951) foi presidente do Grupo Abril[1][2] desde março de 2016 até novembro de 2017, tendo sido responsável pelas operações de Mídia, Gráfica e Distribuição. Publicitário e administrador de empresas com MBA na Universidade da Califórnia, ele também atuou como mentor de estratégia e inovação do Grupo Newcomm – holding de comunicação do Grupo WPP que inclui as agências Young&Rubicam, Wunderman, Grey Brasil, VML, entre outras, além de ter sido presidente da agência Grey Brasil. Considerado um dos maiores especialistas em comunicação e interatividade do Brasil, ficou popularmente conhecido por atuar como conselheiro de Roberto Justus no reality show de negócios O Aprendiz, exibido pela Rede Record – função que voltou a desempenhar na edição 2013 do programa. Uma de suas palestras mais aplaudidas, “Inovação na Comunicação”, mostra o impacto da revolução tecnológica no relacionamento com o consumidor. Lançou com Justus dois cursos de MBA em parceria com o IBMEC.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Walter Longo tem mais de quarenta anos de carreira em múltiplas atividades, suas atuações empresariais abrangem variados segmentos e especialidades, principalmente em comunicação e interatividade.

A carreira iniciou aos dezenove anos como profissional de vendas, com especialização em apresentações para grandes grupos de clientes.

A forma de atuação no atacado desenvolveu uma inclinação para apresentações em público. Esta experiência lhe acompanhou por toda a vida profissional lhe trazendo benefícios para sua atuação como conferencista e palestrante. Esta habilidade se tornou mais evidente através da participação em grandes eventos de mídia e comunicação, no Brasil e fora do país, em lugares como Europa, Estados Unidos e América Latina.

Enquanto trabalhava como profissional de vendas, fez faculdade de Administração pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), tendo posteriormente se especializado em Marketing na Califórnia/EUA.

Do segmento de vendas, Walter Longo passou para a área de marketing onde se estabeleceu. Nesta inicia sua atuação como empresário. Convidado por um empresário do setor de comunicações, assume a tarefa de desenvolver a atividade de eventos como ferramenta de mídia. Nesse período começa sua atuação no show business e entretenimento. Walter Longo passa a atuar na organização, promoção e realização de eventos musicais de grande porte, esportivos e culturais no Brasil, Argentina e Estados Unidos.

Com oito anos de projetos no setor de eventos, Walter Longo decide expandir sua experiência e aproveitar o conhecimento e especialização adquiridos dentro do Marketing para atuar em empresas ligadas ao setor de propaganda. Assim se torna executivo das agências nacionais e internacionais como MPM e Young & Rubicam.

Com menos de sete anos no Grupo Young & Rubicam, por solicitação da matriz americana do grupo, passa a lançar operações de Marketing Direto no Brasil. Passou a acumular então a função de presidente da Wunderman Brasil, ampliando sua atuação em comunicação dirigida e database marketing.

No final de 1995, Walter Longo é convidado para participar da experiência pioneira de lançar uma nova mídia segmentada no País, a TV por Assinatura. Esse convite o leva a Presidência da TVA, pertencente ao Grupo Abril, pioneira no sistema de TV por assinatura do país.

Sob sua presidência é feito todo o processo de implementação e ampliação da Tv por Assinatura no Brasil. Em cinco anos a TVA ampliou o número de assinantes de 12 mil usuários para mais de 800 mil usuários, elevando seu faturamento anual de $ 14 milhões para $ 300 milhões, provando que o Brasil era um grande mercado potencial.

A relevância que a TVA levou Walter Longo à Presidência da ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura) onde mais tarde se tornou Presidente do Conselho. Neste período Walter Longo é eleito o Profissional de Veículo do Ano pelo Prêmio Caboré.

Walter Longo deixa a TVA para montar sua própria empresa de consultoria de marketing, a Unimark/Longo, e torna-se membro de vários conselhos de empresas de telecomunicações e entretenimento no Brasil e outros países do mundo.

Em 1998, associa-se a Newcomm Bates, um dos maiores grupos de propaganda do país, tornando-se sócio e Presidente do Grupo após três anos de atuação. O grupo Newcomm Bates era composto por sete empresas atuantes em múltiplas ferramentas de comunicação.

Em 2002 cria a Synapsys, a primeira empresa de Advertainment do país, que presidiu como mentor e CEO até 2005. Durante este período, iniciou também as operações da nova empresa nos Estados Unidos, criando a Synapsys International.

Em 2006, retorna ao Grupo Newcomm (holding formada pela associação de Roberto Justus e o Grupo WPP), assumindo o cargo de Mentor de Estratégia e Inovação, onde permanece até hoje - agora também como presidente da Grey Brasil. O Grupo Newcomm reúne, no Brasil, diversas empresas de destaque no mercado, como Young & Rubicam, Wunderman, Grey Brasil, VML, Red Fuse e a Ação Premedia e Tecnologia.

Walter Longo é membro de vários conselhos de empresas de telecomunicações e articulista de múltiplas publicações. É autor de alguns livros voltados para a área de negócios, publicidade e marketing.

Com a chegada de Longo à presidência do Grupo Abril, em março de 2016, Giancarlo Civita deixou a presidência do Grupo Abril, posição que acumulou por um ano, para dedicar-se exclusivamente à presidência da holding Abrilpar[4].

Em 13 de novembro de 2017, o Grupo Abril anunciou aos seus funcionários que o executivo Walter Longo deixou o cargo da presidência do grupo após dois anos no cargo. Longo permanecerá no grupo, como assessor do conselho de administração em temas ligados à "estratégia e inovação"[5].

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Walter Longo foi eleito por quatro vezes o Melhor Profissional do Ano do Prêmio Caboré – o mais importante da indústria da comunicação – nas categorias Planejamento e Atendimento, e Profissional de Veículo de Comunicação. Foi também premiado com o título de Personalidade do Marketing Direto pela Abemd, entidade líder no setor.

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • Tudo que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência de explicar, Ed. Atlas (1985). Escrito em co-autoria com: Edison Benetti, Julio Ribeiro, Magy, Sergio Dias e Vera Aldrighi.
  • O Marketing na Era do NEXO - Ed. BestSeller (2009). Escrito em co-autoria com Zé Luiz Tavares.
  • Os sete erros do jogo da sustentabilidade (2011).
  • Marketing e Comunicação na Era Pós Digital - Ed. HSM (2016).

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  1. «Grupo Abril tem novo presidente executivo». O Globo. Organizações Globo. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 7 de junho de 2016 
  2. «Publicitário Walter Longo é o novo presidente do Grupo Abril». Valor Econômico. 25 de fevereiro de 2016A. Consultado em 4 de junho de 2016 
  3. Roberto Justus e Walter Longo ampliam parceria com o IBMEC
  4. «Walter Longo assume direção do Grupo Abril – Meio & Mensagem». www.meioemensagem.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  5. «Walter Longo deixa comando do Grupo Abril». Folha de S.Paulo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]