João Doria Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
João Doria Jr.
João Doria Jr.
Presidente da Embratur e do Conselho Nacional de Turismo do Brasil Brasil
Período 19861988
Presidente José Sarney
Presidente da Paulistur em São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Período 11 de maio de 1983
até 1 de janeiro de 1986
Prefeito Mário Covas
Secretário de Turismo de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Período 11 de maio de 1983
até 1 de janeiro de 1986
Prefeito Mário Covas
Vida
Nascimento 16 de dezembro de 1957 (58 anos)
São Paulo, SP, Brasil
Nacionalidade Brasil brasileiro
Dados pessoais
Cônjuge Bia Dória
Partido PSDB
Religião Católico
Ocupação Empresário, escritor e jornalista
Website www.grupodoria.com.br

João Doria Jr. (São Paulo, 16 de dezembro de 1957) é um empresário, escritor, jornalista, professor universitário e político Brasileiro pré-candidato pelo PSDB para à Prefeitura de São Paulo para eleições de 2016[1] Doria é graduado em jornalismo e publicidade.

Política[editar | editar código-fonte]

Foi secretário de turismo e presidente da Paulistur, entre 1983 e 1985, na gestão de Mário Covas na Prefeitura de São Paulo, presidente da Embratur e do Conselho Nacional de Turismo entre os anos de 1986 e 1988, no governo do presidente José Sarney.

Em 2007 foi um dos idealizadores do Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros[2] [3] .

Televisão[editar | editar código-fonte]

Apresentou o programa Sucesso na Rede Bandeirantes entre 27 de novembro de 1988 e 30 de março de 1992 quando foi para a Rede CNT e Rede Gazeta onde ficou até 1998. Em 1992 apresentou também o programa Business na Rede Manchete. O programa ficou no ar até o fim da emissora, mudando de nome para Show Business em 1998. Seguiu para a RedeTV! em 1999. Em 2008, o programa foi para a Rede Bandeirantes, onde permanece.

Apresentou o reality-show O Aprendiz, na Rede Record, entre 2010 e 2011.

Empresário[editar | editar código-fonte]

É presidente do Grupo Doria e fundador em 2003 e presidente do LIDE (Grupo de Líderes Empresariais). Esse grupo reúne 1,620 empresas brasileiras e multinacionais, represntando 52% do PIB privado brasileiro. É membro do Conselho Deliberativo do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo[4] .

É publisher da Doria Editora, focada no mercado de one shot magazines, que publica 19 revistas segmentadas voltadas para empresários e público de classe A: Arena, Caviar, Empresarial, Fórum & Negócios, Gabriel, Jorge, Meeting & Negócios, Lide, Mulheres Líderes, Lide Agronegócios, Lide Sustentabilidade, Lide Varejo, Líderes do Brasil, Líderes Empreendedores, Marketing Empresarial, Oscar, Robb Report, Saúde e Bem Estar e Trancoso.

É conferencista, autor dos livros Sucesso com Estilo e Lições para Vencer, vice-presidente do São Paulo Convention & Visitors Bureau e Conselheiro do Museu de Arte de São Paulo - MASP.

É o criador do projeto Market Plaza, shopping sazonal que funciona no inverno em Campos do Jordão. Realiza eventos empresariais de grande porte, no Brasil e no exterior, dentre os quais Meeting Internacional, Fórum de Comandatuba, CEO’s Family Workshop, Fórum Nacional do Varejo, Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos, Fórum de Infraestrutura e Logísitca, Fórum Nacional do Esporte, Fórum de Marketing Empresarial e o Fórum de Empreendedores, que reúnem dirigentes de empresas do País.

Em 2012, pelo quarto ano consecutivo, foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil e do mundo, pela revista IstoÉ[5] . Em 2014 foi eleito pelo segundo ano consecutivo um dos 100 líderes de melhor reputação do Brasil, em pesquisa feita pela empresa européia Merco, publicada no Brasil pela Exame.com.

Em 20 de março de 2016 foi definido como pré-candidato pelo PSDB para à Prefeitura de São Paulo, após desfiliação de Andrea Matarazzo. Sua candidatura será lançada em julho de 2016[6] .


Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

É casado com a escultora, autora e ativista social Bia Dória[7] , e pai de três filhos.

Referências

  1. da redação. «João Doria é eleito pré-candidato do PSDB em SP» (em portugues). Band.com.br. Consultado em 21 de março de 2016. 
  2. Kiko Nogueira (17 de março de 2015). «No Roda Viva de Eduardo Cunha, quem brilhou foi João Dória, o inventor do patético “Cansei”» (em portugues). DCM. Consultado em 18 março de 2015. 
  3. Bob Fernandes (27 de julho de 2007). «Doria afirma que 'Cansei' é movimento cívico». Terra. Consultado em 18 março de 2015. 
  4. «LIDE website». Consultado em 22 de abril de 2016. 
  5. «As 100 personalidades mais influentes de 2012 - OUSADOS». IstoÉ Independente. 20 de janeiro de 2012. Consultado em 10 de outubro de 2014. 
  6. «Joao Doria é o Pré-Candidado do PSDB à Prefeitura de SP». 20 de março de 2016. Consultado em 26 de abril de 2016. 
  7. «Bia Doria Website». Consultado em 29 de abril de 2016. 

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]