Manuel Rabelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Manuel Rabelo
Manuel Rabelo Mendes.jpg
Manuel Rabelo
Interventor em São Paulo
Período 13 de novembro de 1931
a 7 de março de 1932
Antecessor(a) Laudo de Camargo
Sucessor(a) Pedro de Toledo
Dados pessoais
Nascimento 11 de janeiro de 1873
Barra Mansa
Morte 8 de novembro de 1945 (72 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Maria Teodora Marcondes dos Reis
Pai: Eduardo Rabelo
Serviço militar
Graduação General de Divisão.gif General de Divisão

Manuel Rabelo Mendes[1] (Barra Mansa, 11 de janeiro de 1873Rio de Janeiro, 8 de novembro de 1945) foi um militar brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi interventor federal em São Paulo, de 13 de novembro de 1931 a 7 de março de 1932, nomeado por Getúlio Vargas como parte do governo provisório.[2]

Além de ter sido general-de-divisão e ministro do Superior Tribunal Militar,[1] também foi engenheiro, tendo fundado a Associação Amigos da América.

Referências

  1. a b «Manuel Rabelo Mendes - Ministros da Corte desde 1808». Superior Tribunal Militar. Consultado em 14 de maio de 2014 
  2. ABREU, A. A.; BELOCH, I.; LATTMAN-WELTMAN, F.; LAMARÃO S. T. N. (2001). Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro. Pós-1930. 5. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, CPDOC. ISBN 8522503419 


Precedido por
Laudo Ferreira de Camargo
Interventor de São Paulo
1931 — 1932
Sucedido por
Pedro Manuel de Toledo


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.